Repressão na USP

Leia reportagens e análises sobre a perseguição política dos estudantes da USP que lutam contra a truculência da Polícia Militar na universidade e contra a repressão política

Acusada de irregularidades, USP começa a 'julgar' estudantes

Primeiros depoimentos serão entre os dias 16 e 22 de abril. Advogados que auxiliam na defesa dos alunos consideram inconstitucional o processo que pode resultar na expulsão de 54 pessoas

USP está em falta com a democracia

Maior universidade do país e reconhecida por sua excelência, USP vem ganhando fama em outro quesito: o cerceamento da liberdade política 

 

Justiça suspende expulsão de estudante

Segundo a decisão do juiz Valentino Aparecido de Andrade, pena foi “excessiva” ou “ao menos não bem justificada”

 

Entrevista com estudantes presos no despejo da Moradia Retomada

Despejados em plena madrugada de Carnaval da Moradia Retomada, alunos da USP permanecem mobilizados; Show Protesto reuniu 5 mil

 

Estudantes são expulsos por reivindicarem mais moradia

 

Reportagens, matérias e entrevistas:


Alunos da USP protestam contra reintegração de posse de moradia estudantil

Manifestação acontece nesta terça-feira (31), a partir das 17h, em frente à reitoria, no campus Butantã, zona oeste de São Paulo


Relatório da SDH confirma: Reitor da USP votou contra vítimas da ditadura
Conheça os casos em que João Grandino Rodas favoreceu os militares quando era membro da Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos 


Expulsão de estudantes pode ser revertida, avalia juiz
Ouça entrevista da Rádio Brasil Atual com o juiz José Henrique Rodrigues Torres, da Associação de Juízes para a Democracia


Expulsão dos estudantes não foi submetida ao Conselho Universitário, diz professor

Segundo o professor Adrián Fanjul, reitoria não consultou representantes de Unidades de Ensino sobre a penalização de alunos


Na USP, greve estudantil seguirá em 2012
Calourada 2012 receberá os bixos com debates, teatros e shows

 

Uspianos cobram explicações de reitor

Funcionários e estudantes se reúnem nesta segunda-feira, em audiência pública na Alesp; Reitor João Grandino Rodas foi convidado para o evento

 

Campanha internacional é impulsionada pela anistia de estudantes presos

Objetivo é anular os inquéritos contra os 73 presos durante a ocupação da reitoria da USP e os antigos processos motivados por perseguição política

 

Alckmin falta à aula de democracia

Ato reúne mais três mil para manifestação na Avenida Paulista e uma aula sobre democracia com movimentos sociais e sindicais

 




Assembleia na Escola Politécnica visa ampliar mobilização

Manifestação na Avenida Paulista e aula de democracia ocorrem nesta quinta-feira (24), a partir das 16h

 

Estudantes querem que governador seja professor em aula de democracia

Proposta surgiu durante assembleia que aprovou continuidade da greve estudantil e calendário de lutas

 

Em ato, comunidade acadêmica da USP pede renúncia do reitor

Segundo DCE, mais de 50% dos estudantes no campus Butantã estão paralisados

 

Contra repressão, protesto reúne milhares no centro de SP
Greve continua com reivindicações de Fora PM, anistia aos presos políticos e saída do reitor




Relato: Oito de novembro na USP
Um dia marcado por truculência, intransigência e a resposta do movimento estudantil

Contra repressão, estudantes da USP declaram greve

O levante foi impulsionado depois da prisão de 73 colegas que ocupavam a reitoria

 

Estudantes são liberados após pagamento de fiança

Eles negam ter danificado o prédio da reitoria e ter fabricado bombas caseiras que a polícia apresentou

 

Tropa de Choque invade reitoria ocupada
Durante a repressão a PM deteve 73 estudantes

Ocupação da reitoria contra a repressão continua
Mesmo com a ordem de reintregração de posse, assembleia dos estudantes decide manter o prédio da reitoria ocupado

 

Estudantes ocupam reitoria da USP contra repressão policial

Alunos questionam o papel repressor assumido pela corporação dentro do campus e a política de criminalização adotada pelo reitor João Grandino Rodas

 

Protesto reúne centenas contra a repressão da PM na Universidade e na sociedade

Durante as falas, manifestantes destacaram a política de criminalização adotada pelo reitor João Grandino Rodas


Ato em frente à Reitoria contra a repressão

Manifestação pede o respeito ao direito de livre organização e manifestação política


Análises e notas públicas:

O Reitor, a PM e a fascistização oculta da sociedade

Como comprova a pesquisa do Núcleo de Estudos da Violência da USP, a abordagem policial “reproduz um padrão arcaico e discriminatório de classificação dos indivíduos”

Incidente na USP, com porrete tucano

Numa cena imaginária e semelhante à que acontece em Incidente em Antares

 

Muito além da polêmica sobre a presença ou não da PM no campus da USP

É uma enorme falácia, dentro ou fora da universidade, dizer que presença de polícia é sinônimo de segurança e vice-versa

 

Ninguém está acima da lei. Mas, quem é ninguém? O que é a lei? Qual é a verdade?

Há um enorme “déficit” democrático na Universidade de São Paulo que de um tempo pra cá a comunidade acadêmica, integrada por professores, alunos e servidores, tem pretendido pôr em debate

 

Solidariedade aos estudantes da USP

Por esse compromisso histórico do MST com a Educação Brasileira, viemos por meio desta carta demonstrar toda a nossa solidariedade e apoio aos estudantes

 

Pela volta da Idade Média à USP

O campus universitário medieval possuía sua polícia própria e julgava seus alunos, funcionários, professores


Nota pública dos presos políticos da USP

"Reafirmamos nossa luta contra a polícia, dentro e fora da universidade, que reprime a população pobre e trabalhadora todos os dias"

 

Manifesto da ocupação na USP-Butantã

Tais relatos nos impõe o questionamento: ao que se presta, de fato, a presença policial na USP?


Nota oficial sobre a ocupação da administração da FFLCH

Trata-se de mais uma demonstração da política de repressão que vem sendo imposta na Universidade pelo reitor João Grandino Rodas

 

A USP antes de 27 de outubro de 2011:

Manifestantes fazem ato na USP contra a ditadura

O protesto surgiu depois que uma placa foi instalada na Praça do Relógio, associando a tomada de poder dos militares em 1964 a uma Revolução

 

Autoritarismo rende a Rodas título de persona non grata

Reitor da Universidade de São Paulo é o primeiro professor da história da Faculdade de Direito a receber o título

Comunidade acadêmica diz não à militarização

Tragédia pode estimular medidas da reitoria como proibição de festas e maior militarização do campus

 

Estudantes protestam contra repressão da Coseas

Coordenadoria de Assistência Social impede estudante de letras de continuar na moradia estudantil. Para manifestantes, a causa é política

 

Polícia, a pedidos ou a contragosto

Decisão divide comunidade acadêmica e abre o debate: mais polícia no campus servirá para a segurança ou para reprimir os movimentos?

 

É possível segurança sem Polícia?

Os que se manifestam contra a PM dizem que poderiam ser tomadas outras medidas como o aumento da iluminação nas ruas e em estacionamentos

 

Com violência, PM reprime manifestações de grevistas na USP

A invasão da Universidade de São Paulo (USP) pela Polícia Militar (PM) gerou seu primeiro incidente mais grave no dia 9

 

Charge:

Polícia na USP

Comentários

análises sobre a perseguição

análises sobre a perseguição política dos estudantes da USP que lutam contra a truculência da Polícia Militar na universidade e contra a repressão política

Deixe seu comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Mais informações sobre as opções de formatação

CAPTCHA
Esse desafio é para nos certificar que você é um visitante humano e serve para evitar que envios sejam realizados por scripts automatizados de SPAM.
3 + 9 =
Resolva este problema matemático simples e digite o resultado. Por exemplo para 1+3, digite 4.