Estudantes desenvolvem aplicativo sobre a ditadura civil-militar no Brasil

Programa também tem glossário, jogo de perguntas e respostas, trechos de músicas e um roteiro dos locais que guardam a memória da época

06/03/2014

da Redação

Estudantes do 9º ano do ensino fundamental, do colégio Itzhok Leibush Peretz, na zona sul de São Paulo, desenvolveram o aplicativo “Ditadura na Memória” com textos sobre o regime militar (1964-1985) para tablets e smartphones.

O programa também tem glossário, jogo de perguntas e respostas, trechos de músicas e um roteiro dos locais que guardam a memória da época, como o Memorial da Resistência, no centro da capital paulista, e a Casa do Massacre, na Lapa.

O aplicativo, que pode ser baixado gratuitamente neste link, também propõe atividades para aulas de português, artes, história e geografia.  

Comentários

Deixe seu comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Mais informações sobre as opções de formatação

CAPTCHA
Esse desafio é para nos certificar que você é um visitante humano e serve para evitar que envios sejam realizados por scripts automatizados de SPAM.
3 + 10 =
Resolva este problema matemático simples e digite o resultado. Por exemplo para 1+3, digite 4.