Eleições EUA

Candidato liberal é o primeiro presidenciável oficial nos EUA

O ex-governador Gary Johnson, do Partido Libertário, venceu as primárias no congresso da legenda com 55,8% dos votos

Brasil de Fato

,
O canal Fox News divulgou que o candidato deve alcançar 10% dos votos na disputa, em novembro / Nick del Castillo/Flick @GovGaryJohnson

O Partido Libertário dos Estados Unidos foi a primeira legenda do país a indicar um nome oficial pela corrida presidencial. O ex-governador do estado do Novo México, Gary Johnson, venceu com 55,8% dos votos a disputa no congresso do partido. Esta é a segunda disputa do candidato. Em 2012, ele conseguiu 1% dos votos no ano em que Barack Obama foi eleito para assumir a Casa Branca.

Em grande polarização, com a possível nomeação do ultraconservador, Donald Trump, pelo Partido Republicano e a ex-secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, possível candidata pelo Partido Democrata - conhecida por ser da ala mais à direita da legenda-, a disputa oficial pela presidência estadunidense deve seguir sem candidatos progressistas entre os grandes nomes. O candidato auto-denominado socialista, Bernie Sanders, segundo colocado na disputa democrata, possuí poucas chances de vencer as primárias e ser nomeado oficialmente pelo partido.

Em entrevista, Sanders sugeriu a Hillary que “escolha um vice-presidente progressista”. O senador de Vermont afirma ser necessário haver a escolha de alguém que “anime os trabalhadores” a participarem do processo político.

Edição: Simone Freire