Segurança Pública

Corpos encontrados na Grande São Paulo podem ser de jovens desaparecidos

A confirmação se dará após exame de DNA, uma vez que os corpos estão em estado avançado de decomposição

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça o áudio:

Quatro dos cinco rapazes desaparecidos quando iam a festa na Grande São Paulo / Reprodução / Polícia Civil de São Paulo

Há indícios de que os cinco corpos encontrados em um matagal de Mogi das Cruzes, na região metropolitana de São Paulo, sejam dos rapazes que desapareceram no último dia 21 de outubro. A confirmação no entanto, só deve acontecer após os exames de DNA. 

Os jovens Jonathan Moreira Ferreira, 18 anos, César Augusto Gomes Silva, 20, Caique Henrique Machado Silva, 18, Jonas Ferreira Januário, 30, e Robson de Paula, 17 - que ficou paraplégico ao ser baleado pela polícia -, sumiram após sairem de carro da zona leste da capital paulista para uma festa em Ribeirão Pires.

Confira a versão em áudio da matéria (para baixar o arquivo, clique na seta à esquerda do botão compartilhar):

A Ouvidoria da polícia acompanha o caso, pois há indícios de que as mortes tenham tido participação de policiais. Para o ouvidor, Júlio César Fernandes Neves, os corpos "com certeza"são dos jovens. "Foi execução, com certeza. Um deles estava sem cabeça. Não se sabe ainda se foi uma decapitação ou algum animal que fez isso depois", afirmou Neves, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo. Segundo ele, os exames de raio-x apontaram sinais de disparos de arma.

Os corpos achados estavam perto da estrada Taquarassu, região da mata. A ocorrência foi registrada no 4o Distrito Policial de Mogi das Cruzes. Uma equipe do Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

Edição: Simone Freire