Violência

Justiça do Rio monta plantão para atendimento a mulheres no carnaval

O objetivo é acolher denúncias de assédio, agressão ou violência sexual cometidos durante os dias de folia

Radioagência Nacional | Rio de Janeiro (RJ)

,

Ouça a matéria:

No carnaval da capital fluminense, mulheres terão atendimento para denunciar assédio / Agência Brasil

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro montou esquema de plantão para atender às mulheres durante o carnaval. O objetivo é acolher denúncias de assédio, agressão ou violência sexual cometidos durante os dias de folia. De acordo com os dados da central de atendimento à mulher do governo federal, o número de denúncias de violência de gênero aumentou mais de 220% nessa época no ano passado.

O atendimento será feito na Central Judiciária de Abrigamento Provisório, que tem uma equipe formado por psicólogos e assistentes sociais, especializados para prestar assistência a mulheres vítimas. A central vai funcionar direto, desta sexta-feira (24) até a Quarta-feira de Cinzas (1), junto com o plantão judiciário do Tribunal de Justiça, na rua Dom Manuel, que fica no centro do Rio. Quem precisar também pode fazer contato pelo telefone (21) 3133-3894,

Edição: Radioagência Nacional