Imunidade

Pitanga atua na prevenção do câncer e no combate ao diabetes, afirma nutricionista

A fruta também é rica em antioxidantes que previnem e retardam o envelhecimento

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça a matéria:

Devido a grande quantidade de vitamina C, a fruta tem forte ação antioxidante, como explica a nutricionista / Pixabay

Nativa da Mata Atlântica, a pitanga é uma fruta bem pequena, com sabor levemente azedo e de cor avermelhada quando está madura. Apesar do tamanho, essa frutinha tem inúmeros benefícios para a saúde, principalmente para quem tem diabetes. 

“A pitanga é considerada uma fruta com uma ação hipoglicemiante muito importante, ou seja, ela ajuda a manter a glicemia dentro dos níveis esperados. Ela tem uma ação de diminuir a velocidade de absorção do açúcar pelo sangue", explica a nutricionista Carla Caratin.

A especialista menciona que a fruta tem forte ação antioxidante devido à quantidade de vitamina C em sua composição, o que ajuda na prevenção do câncer, por exemplo. 

“Ajuda no sistema imunológico, na prevenção de doenças cardiovasculares e também em relação ao envelhecimento", diz. 

Não só da fruta se tira proveito. O chá das folhas da pitangueira também é bastante utilizado para casos de pressão alta. Já o óleo, extraído da casca da pitanga, pode auxiliar no combate de bactérias, fungos e vírus. Caratin acrescenta que ele pode ser utilizado também como repelente natural:

"O óleo extraído da casca tem uma ação antimicrobiana e anti-inflamatória muito importante, e também é muito utilizado como repelente natural", pontua.

A pitangueira, árvore que dá origem ao fruto, tem sua safra entre os meses de outubro e novembro e no período de março a maio. Porém, a pitanga é pouco comercializada por conta da fragilidade da frutinha.

É mais comum encontrar pitangueiras em espaços públicos e nos jardins das casas. E quem nunca parou debaixo de uma árvore dessas e se deliciou com a frutinha direto do pé? 

Na lista dos diversos benefícios da pitanga para a saúde também está a propriedade diurética, fazendo com que a fruta seja uma boa aliada nas dietas. 

Além do consumo in natura, a pitanga vai bem em sucos, geleias, doces e até molhos salgados. Mas, ao ser preparada, a pitanga perde algumas propriedades, como alerta Caratin:

"Claro que a frutinha mantém melhor as propriedades, mas a gente perde um pouco de vitamina no processamento e também algumas fibras, seja para fazer o doce, o próprio suco ou o molho", finaliza. 

Edição: Camila Salmazio