Rádio

Programas de SP, MG, RJ, PR, PE e Sorocaba trazem o Carnaval como destaque da semana

Edições do Programa Brasil de Fato vão ao ar aos sábados e com reprise aos domingos

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,
Edições vão ao ar aos sábados, com reprise aos domingos / Gabi Lucena | Bdf

Os programas Brasil de Fato nas rádios de SP, MG, RJ, PR, PE e Sorocaba já estão em clima de carnaval, um dos feriados mais esperados do ano.

Nos programas de São Paulo, Sorocaba e Paraná, a edição deste sábado (3) traz como destaque a a história do primeiro bloco afrobrasileiro, o Ilê Aiyê, da Bahia. O bloco chegou a ter Carlinhos Brown como mestre de percussão e este ano homenageia os 100 anos do líder Nelson Mandela. A repórter Juliana Gonçalves traz mais detalhes em matéria do quadro Mosaico Cultural. Ainda sobre carnaval, confira a agenda dos blocos de rua na capital paulista.

Já no quadro Repórter SUS, a febre amarela entra em pauta novamente. O médico e pesquisador da Fiocruz, André Siqueira, esclarece as informações sobre quem pode tomar a vacina. No quadro Fala Aí, os questionamentos sobre os motivos da condenação do ex-presidente Lula em segunda instância e se ele ainda poderá se candidatar nas eleições de 2018.

Na coluna de Mouzar Benedito, o assunto é sobre um nome bastante comum no Brasil, Francisco, e as variações e apelidos dos Chicos brasileiros. E você ainda ouve muita música no Programa Brasil de Fato! Tem Wesley Safadão e participação de Marília Mendonça, com Ninguém é de ferro; Falamansa com Rindo à toa; Psirico com Mulheres no poder; a música Vai dar PT, de Léo Santada; o mestre Caetano Veloso com A Luz de Tieta; Felipe Cordeiro com Legal e Ilegal e Dona Onete com Jamburana.

A edição do programa no Rio de Janeiro traz reflexões sobre a semana de violência que atingiu duramente o povo das favelas. Em entrevista, o pesquisador da Universidade Federal Fluminense (UFF), Daniel Misse, explica porque a lógica de cerco e confronto, associada às péssimas condições de trabalho dos policiais, agrava o quadro.

A reportagem também conta a história do Pré-vestibular popular Cerro Corá, que conseguiu aprovar estudantes na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e ainda, como a resistência em defesa da universidade continua. O programa destaca também a cobertura da Semana da Visibilidade Trans no Rio.

A sintonia do programa em São Paulo é na Rádio Imprensa (102.5 FM), aos sábados e domingos às 7h. Os pernambucanos ouvem o programa na Rádio Clube (720 AM), aos sábados às 7h, com reprise aos domingos no mesmo horário. Na Rádio Autêntica (106.7 FM), em Belo Horizonte, a edição é veiculada às 11h de sábado, com reprise no domingo às 7h. No Rio de Janeiro, a sintonia é a Rádio Fluminense (540 AM), todo sábado às 09h, com reprise aos domingos no mesmo horário. Em Sorocaba, na Rádio Super (87.5 FM), o programa vai ao ar sábado às 12h, com reprise aos domingos no mesmo horário. No Paraná, você ouve aos sábados, na Rádio Princesa (87.9 FM), às 10h. Os programas também estão disponíveis na Radioagência Brasil de Fato.

Em Pernambuco, o programa da semana traz entrevista com Diva Braga, coordenadora da Frente Brasil Popular e também membro da direção nacional da Consulta Popular. A conversa aborda temas como a atuação dessas entidades no Congresso do Povo, atividade política prevista para o primeiro semestre de 2018. Tem também sugestão de blocos de Olinda e Recife, como o Bloco Sem Terra e o Eu Acho é Pouco.

Ainda sobre festa e cultura, o programa traz matéria sobre a história do Nação Mulambo, um grupo de maracatu que trabalha com crianças e adolescentes no bairro de Peixinhos, em Olinda. O grupo atua com o objetivo de tentar intervir na realidade da violência e do tráfico de drogas na comunidade. No projeto, é trabalhada a cultura afro-brasileira e os ritmos regionais – samba, coco, maracatu, ciranda, afoxé – com letras do próprio grupo.

E faz 100 anos que as mulheres conquistaram o direito ao voto na Inglaterra. As chamadas Sufragistas fizeram mobilizações que duraram 50 anos e o ouvinte rememora esse acontecimento histórico em reportagem nesta edição. Outro destaque é o relatório com dados apresentados pelas organizações participantes da Semana da Visibilidade Transexual, revelando os números sobre a expectativa de vida e de mortes das pessoas desse grupo social. 

O programa também traz boletim do interior de Pernambuco sobre o despejo ilegal que aconteceu na terça-feira (30). Mesmo com a ordem judicial suspensa, a Polícia Militar do Estado, juntamente de pistoleiros armados, despejaram famílias da Fazenda Jabuticaba, no Município de São Joaquim do Monte, no Agreste de Pernambuco. A violência nessas regiões não acaba ai, a edição deste sábado também traz dados de violência no campo com matéria de Jamile Araújo, sobre o assassinato do dirigente do MST, Márcio Matos, no Assentamento de Boa Sorte, na Bahia. Para finalizar, tem entrevista com a editora geral do Brasil de Fato do Rio Grande do Norte, Janaína Lima, sobre o lançamento do jornal, que ocorre próxima terça-feira (6).



Em Minas Gerais tem matéria sobre a primeira experiência da Universidade Popular, projeto que visa a formação de jovens estudantes, traçando uma relação crítica entre teoria, realidade universitária e prática profissional. O programa traz novamente em pauta o terreiro de umbanda “Casa Espírita Império dos Orixás de Nossa Senhora da Conceição e São Jorge Guerreiro”, localizado na divisa entre São Joaquim de Bicas e Mário Campos, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG). O local foi invadido com violência pela segunda vez em menos de seis meses.

No quadro Bafafá, o assunto é a visita de Temer no programa do Silvio Santos e a virada da personagem da atriz Glória Pires na novela das 9 da Rede Globo. A edição traz também a Coluna de João Paulo Cunha, que comenta sobre a candidatura do Lula como sendo a única opção na atual conjuntura política do país. 

E para fechar com chave de ouro, tem o festival de verão da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com shows, oficinas, palestras. O evento funciona como um pré-carnaval e é bastante famoso em Belo Horizonte, que antigamente não oferecia muitas atividades de esquenta da folia.

Confira os programas que foram ao ar dia 27 de janeiro:

São Paulo

Paraná

Rio de Janeiro

Pernambuco

Minas Gerais

 

Edição: Camila Salmazio