Alimentação

Mais nutritiva e saborosa: conheça os benefícios da manga produzida de forma orgânica

Em Franco da Rocha (SP), produção da fruta livre de agrotóxicos tem fortalecido agricultores de assentamento do MST

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça a matéria:

BdF acompanhou uma das visitas ao assentamento / Camila Maciel/Brasil de Fato

A manga é uma das protagonistas na produção do Assentamento Dom Tomás Balbuíno, em Franco da Rocha, região metropolitana de São Paulo. A produção da fruta de forma orgânica pelos agricultores locais tem atraído grupos, desde 2001, que procuram uma alimentação mais saudável. O Brasil de Fato acompanhou uma dessas visitas ao Assentamento e provou, direto do pé, o sabor da fruta livre de venenos. 

A professora da rede pública de ensino Sônia Amaral do Nascimento, de 44 anos, também provou a manga e destacou a diferença entre os alimentos produzidos com e sem agrotóxicos. "O sabor é diferenciado, a gente consome com uma segurança maior de não estar comendo lixo e até o fato de estar contribuindo para o movimento também faz ter um sabor diferenciado."

A nutricionista Carla Caratin explica os benefícios de consumir a fruta orgânica. "A manga orgânica tende a ser muito mais nutritiva, porque seu solo está muito mais rico e balanceado e ela tem um sabor verdadeiro de manga, porque não tem a adição de nenhum produto químico ou agrotóxico que pode, entre outras coisas, deixá-la com um sabor diluído por conta de maior absorção de água." 

Caratin, que também acompanhou a visita ao Assentamento de 68 famílias, reforça que o alimento também possui muitos outros benefícios para o organismo. Rica em vitaminas A, B e C, além de minerais e fibras, a manga ajuda na saciedade e no bom funcionamento do intestino. Além de ser boa para pessoas que possuem prisão de ventre ou problemas de digestão e no controle do colesterol.

A nutricionista também alerta para os mitos que existem em torno do consumo da manga. "Muitas pessoas que buscam emagrecimento acabam evitando o consumo de manga por acreditar que ela tem uma grande quantidade de calorias, mas isso não é verdade. Cem gramas de manga, que é um pouco menos que uma xícara de chá de manga picada, tem em média 60 calorias. Ou seja, a manga tem aproximadamente a mesma quantidade de calorias das outras frutas, com o adicional que é a enorme quantidade de fibras que ela apresenta, que faz com que ela dê um poder de saciedade muito maior que a própria banana e maça", explica.

Para além do sabor diferenciado da manga orgânica, aqueles que visitam o assentamento também reconhecem o trabalho feito pelos agricultores. Na primeira visita, a assistente social Rosenir Xavier de Sousa, de 45 anos, ressaltou a importância de um trabalho coletivo.

"A gente vê, de fato, a realidade deles aqui. Com todas as nossas dificuldades na capital, com tudo que a gente passa, a gente vê aqui o valor da terra, do que eles produzem diretamente da terra. A dificuldade deles A luta é grande, e acho que a luta não é só deles, a gente tem que estar junto para lutar", disse.

Para aqueles que também desejam experimentar o sabor da manga produzida pelo Assentamento Dom Tomás Balbuíno, assim como outros produtos cultivados no local, basta entrar em contato com o agricultor Cícero de Crato pelo número (11) 98221-7676. 

(*) Com colaboração de Camila Maciel.

Edição: Camila Salmazio