Arte

Festival de Teatro de Curitiba começa na próxima terça (27) com mais de 400 atrações

Com o tema “festival para todos”, a 27ª edição terá espetáculos teatrais e musicais, além de oficinas e palestras

Brasil de Fato | Curitiba (PR)

,
O público infantil pode assistir diversas peças gratuitas e outras realizadas na rua, como “A Bruxa e o Lobo” / Divulgação

Na próxima terça-feira (27), começa o 27º Festival de Teatro de Curitiba que faz da capital paranaense e da região metropolitana palco de artistas de todo o Brasil. O festival segue até 8 de abril, com mais de 400 apresentações de teatro, música, oficinas e palestras. Com o tema “festival para todos”, a edição tem espetáculos com preços que variam de gratuito a R$ 70.

Só na rua, são mais de 70 apresentações e um público estimado de 30 mil pessoas.  O festival apresenta outras 384 sessões grátis e 138 no sistema “pague o quanto vale”, no qual o público escolhe o quanto paga. 

O Festival de Teatro está presente em mais de 90 espaços de Curitiba e da Região Metropolitana, com atividades em áreas públicas de Pinhais, São José dos Pinhais e Araucária. Já em Curitiba, haverá atrações próximas a bairros como CIC, Centro, Boqueirão, Boa Vista, Tatuquara, Alto da Glória, Hugo Lange, Batel e Tarumã.

Os ingressos estão à venda no site do Festival e também no Shopping Mueller e no Park Shopping Barigüi.

Peça “Domínio Público"

O espetáculo “Domínio Público” foi feito especialmente para o festival e tem a presença de artistas que causaram polêmicas em 2017. Um deles é o performer Wagner Schwartz, responsável pela idealização e encenação de “La Bête”, na qual permanecia nu enquanto o público podia manipular seu corpo, colocando-o em diferentes posições. 

Os outros artistas que compõem o elenco são a atriz travesti Renata Carvalho (que interpretou Jesus na peça “O Evangelho Segundo Jesus, a Rainha do Céu”) e Maikon K (paranaense que chegou a ser detido durante uma performance em Brasília por estar sem roupas).

Para as crianças

Os pequenos poderão assistir a boa parte dos espetáculos gratuitos. Um exemplo é a peça “A Bruxa e o Lobo”, da Cia GiKlaus, que será apresentada na Praça Menonitas (no Boqueirão), no Bosque do Trabalhador (na Cidade Industrial) e na Feira Livre do Alto da Glória.

Edição: Júlia Rohden