Gratidão

Lula ao MST: "Estamos do lado certo da história"

Ex-presidente envia carta de agradecimento pelo apoio em um momento de perseguições políticas

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça a matéria:

Lula fala a militantes do MST de Minas Gerais durante visita a acampamento em 2017 / Ricardo Stuckert

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou, por meio de seus advogados, uma carta de agradecimento ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) pelo apoio diário. Na mensagem, Lula, que se apresentou à Superintendência da Polícia Federal no último dia 7 de abril para cumprir ordem de prisão do juiz de primeira instância Sérgio Moro, agradece pelos gritos de "bom dia" que ouve vindos do acampamento Lula Livre, erguido próximo à PF no dia da chegada de Lula. "O MST, mais do que ninguém, sabe o que é sentir na pele a dor da injustiça", relembra o ex-presidente.

Leia a íntegra da carta:

"Meus queridos companheiros do MST,

Sei que muitas das vozes que me desejam um “bom dia” todas as manhãs são vozes dos companheiros e companheiras do Movimento Sem Terra. O MST, mais do que ninguém, sabe o que é sentir na pele a dor da injustiça, da perseguição, dos processos fabricados e manipulados, e das inúmeras prisões e mortes de companheiros que lutam pela terra e por uma vida digna.

A dedicação, a solidariedade e o carinho que vocês demonstraram nas caravanas que realizamos pelo Brasil, continuam firmes e fortes depois de todas as arbitrariedades cometidas contra mim. Eu tenho certeza que todos nós sairemos maiores e mais fortes desta situação. Nós estamos do lado certo da história. A todos vocês que acreditam da minha inocência e lutam contra a injustiça, serei sempre grato.

Um abraço fraterno.

Luiz Inácio Lula da Silva"

Edição: Diego Sartorato