Tragédia

Avião cai em Cuba perto do aeroporto de Havana; foram registradas mais de cem mortes

Até o momento, há três sobreviventes do acidente aéreo, no entanto, se encontram em estado crítico, segundo o Granma

O avião caiu após decolar do aeroporto de Havana / ActualidadRT

Um avião com 104 passageiros e tripulação estrangeira a bordo caiu próximo ao Aeroporto Internacional José Martí, em Havana, capital de Cuba. A aeronave, um Boeing 737, era arrendada pela empresa estatal Cubana de Aviação.

A imprensa cubana informou que a aeronave caiu às 12h08 (hora local), em uma área de cultivos agrícolas, perto ao terminal número um do aeroporto internacional, uma zona não residencial, entre as cidades de Boyeros e Santiago de las Vegas.

De acordo com o jornal cubano Granma, foram localizados três sobreviventes do acidente aéreo, os quais se encontram em estado crítico e foram levados ao hospital.

“Ocorreu um lamentável acidente de aviação. Segundo a equipe da Cubana de Aviação, a aeronave transportava 104 passageiros, com nove membros da tripulação. As notícias não são nada boas, parece que há um alto número de vítimas”, disse o presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, citado pela agência de notícias AFP. O mandatário se encontra no local do acidente.





Testemunhas assinalaram que há um forte operativo de segurança, assistência médica e do Corpo de Bombeiros na zona de Rancho Boyeros.

De acordo com declarações de Mercedes Vázquez, diretora de Transporte Aéreo, ao portal Prensa Latina, o acidente ocorreu com o voo DMJ 0972, que fazia a rota Havana-Holguín e pertence à companhia Damojh, de Guadalajara, no México.

 

Edição: teleSUR | Traduação: Vivian Fernandes