São Paulo

Estudo revela repúdio a violência para lidar com a Cracolândia

Rede Nossa São Paulo divulgou pesquisa sobre a percepção dos moradores da capital em relação a essa região

Rádio Brasil de Fato | São Paulo

,

Ouça a matéria:

Operação policial conjunta entre governo do Estado e Prefeitura de SP na praça Princesa Isabel em junho de 2017 / Mastrangelo Reino/A2img

A pesquisa de opinião “Assistência Social na Cidade” da organização Rede Nossa São Paulo, tem como objetivo avaliar as ações que a prefeitura paulistana deveria desenvolver na região denominada de Cracolândia. O trabalho foi divulgado na manhã desta quarta-feira (18), e diagnostica também as políticas em relação à população em situação de rua.

Em entrevista com a Rádio Brasil de Fato, Américo Sampaio, gestor de projetos da Rede Nossa São Paulo, afirmou que em relação à Cracolândia “os paulistanos entendem como a principal medida para reduzir o impacto da região na cidade, é a questão do combate ao tráfico de drogas”.

Em relação a soluções, Sampaio conta que foram testadas algumas hipóteses no estudo: “Nós medimos uma hipótese que era a Prefeitura pedir ajuda das Forças Armadas para a intervenção na Cracolândia; essa medida é rechaçada pelos paulistanos, ficando em última posição. O paulistano entende que é fundamental para reduzir o impacto da Cracolândia: o combate ao tráfico de drogas e, como segundo item mais citado, é a questão de políticas socioassistenciais de acolhimento”.

Ouça a entrevista na íntegra no áudio acima. 

Edição: Mauro Ramos