SOLIDARIEDADE

Solidariedade à greve de fome acontece com vigília em Petrolina

O grupo se reuniu na frente do prédio da Justiça Federal da cidade para demonstrar apoio a greve, que dura 23 dias

Brasil de Fato | Recife (PE)

,
Além de Petrolina, cidades como Serra Talhada, Caruaru e Recife fizeram atos de solidariedade / Aristóteles Cardona

Na noite desta quarta-feira (22), ocorreu em Petrolina, no Vale do São Francisco, uma vigília em frente ao prédio da Justiça Federal em solidariedade à greve de fome que ocorre em Brasília. Participaram do ato cerca de 30 pessoas de organizações como o Levante Popular da Juventude, a Consulta Popular, sindicatos, Frente Brasil Popular e militantes do Partido dos Trabalhadores (PT). O ato contou com a participação e solidariedade da vereadora de Petrolina pelo PT, Cristina Costa, que é candidata a deputada estadual em Pernambuco. 

A greve de fome completou hoje 23 dias, na qual sete dirigentes de organizações sociais exigem justiça diante da arbitrária prisão do candidato à presidência e preso político Luiz Inácio presidente Lula da Silva. Para Carla Freitas, do Levante Popular da Juventude, espaços assim têm sido importantes. “Neste momento há várias outras vigílias acontecendo em solidariedade aos companheiros que estão em greve de fome lá em Brasília. O STF não pode seguir ignorando o que está acontecendo”, afirmou.

Outro militante presente na vigília em Petrolina, o farmacêutico Bismarques Augusto, da Consulta Popular, aponta que o sentimento da população está expresso no resultado das pesquisas eleitorais. “Basta olharmos para os números de todas as pesquisas que apontam a liderança absoluta de Lula mesmo com tantos dias presos de forma injusta. E é por isso que estamos aqui em solidariedade aos grevistas de fome”, disse ele.

Edição: Catarina de Angola