ELEIÇÕES 2018

Pernambuco abraça e Haddad já é o preferido do eleitorado

Candidato há apenas uma semana, ex-ministro quase triplica intenções de voto e vai a 26% entre pernambucanos

Brasil de Fato | Recife (PE)

,
No início de setembro Haddad conheceu Dona Marina Maria de Jesus, que costurou as primeiras roupas de Lula. / Ricardo Stuckert

Na pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (18) o candidato Fernando Haddad (PT) já aparece em primeiro lugar na preferência do eleitorado pernambucano. O ex-ministro da Educação do governo Lula já tem 26% das intenções de votos no estado, liderando isolado. O ex-ministro da Educação do governo Lula é candidato há apenas  uma semana, visto que só na última terça-feira (11) ele foi escolhido por Lula (PT) para substituir o ex-presidente na disputa pelo Planalto.

Haddad mais que dobrou suas intenções de voto em comparação à última pesquisa Ibope com recorte estadual. Divulgada no dia 5 de setembro, quando o petista ainda não era candidato, o levantamento mostrava que o ex-ministro já possuía 10% da preferência do eleitorado.

O levantamento divulgado nesta terça-feira (18) foi realizado em 56 municípios de Pernambuco, entrevistando 1.204 eleitores nos dias 14, 15 e 16 de setembro. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no TSE com o número 01251/2018.

No mesmo intervalo de duas semanas o deputado Jair Bolsonaro (PSL) subiu de 12% para 17% e aparece em segundo lugar. Já Ciro Gomes (PDT) oscilou dentro da margem de erro, variando de 13% para 12%. Marina Siva (Rede), que no 1º turno de 2014 obteve 48,5% dos votos em Pernambuco, é a que sofreu a maior perda, saindo de 15% para 8%. Geraldo Alckmin (PSDB) também oscilou dentro da margem de erro, de 6% para 5%, se mantendo próximo aos 5,9% que seu colega de partido Aécio Neves obteve junto aos pernambucanos no 1º turno de 2014.

A pesquisa também mostra que os votos brancos e nulos caíram de 27% (em 5 de Setembro) para 17%, enquanto os que não sabem ainda responder se mantiveram em 10%.

Henrique Meirelles (MDB) oscilou de 1% para 2%, enquanto Álvaro Dias (Podemos), João Goulart Filho (PPL), Cabo Daciolo (Patriota) e João Amoedo (Novo) mantiveram o mesmo 1% de duas semanas atrás. Vera Lúcia (PSTU) oscilou de 1% para 0%, Guilherme Boulos (PSOL) seguiu com 0% e José Maria Eymael (DC) sequer foi citado.

Haddad em Pernambuco

Petistas estão construindo a vinda de Haddad a Pernambuco ainda esta semana. A agenda ainda não está sendo divulgada, mas a expectativa é de que o candidato do PT participe, no Recife, de caminhada na manhã do sábado (22), no centro da cidade. À tarde Haddad estará em Caruaru e, no domingo (23), o ex-ministro participa de caminhada entre Juazeiro (da Bahia) e Petrolina.

Diferente da passagem do petista no início do mês, desta vez são esperados os candidatos e militância de todos os partidos que compõem a Frente Popular em Pernambuco, inclusive os que foram contra a aliança do PT com o PSB no estado. O governador Paulo Camara (PSB) também deve estar presente.

O ex-ministro já veio ao estado no início de setembro, ainda na condição de porta-voz e vice de Lula. Na ocasião, passou apenas em Garanhuns, onde gravou para o programa eleitoral de TV e participou de caminhada da coligação Frente Popular, com o governador Paulo Camara (PSB), o senador Humberto Costa (PT) e alguns candidatos a deputados. Muitos petistas se ausentaram na ocasião por não concordar com a presença do governador Paulo Camara.

Edição: Monyse Ravena