MULTIPOLAR

China e Rússia fortalecem relações econômicas com a Venezuela

Os dois países são considerados sócios estratégicos do governo venezuelano dentro do Plano de Recuperação da Economia

Brasil de Fato | Caracas (Venezuela)

,
Equipe econômica do governo da China vai contribuir com o Plano de Recuperação da Venezuela, afirma vice-presidenta Delcy Rodríguez / Fotos: Vice-presidência da Venezuela

Representantes do Banco de Desenvolvimento da China estão na Venezuela esta semana e se reuniram com a vice-presidenta da República, Delcy Rodríguez, para discutir o aporte financeiro que os chineses darão ao Plano de Recuperação Econômica venezuelano, que está em curso no país desde o dia 20 de agosto.

A vice-presidenta da Venezuela anunciou que os investimentos do banco chinês serão aplicados em 15 setores produtivos do país. Além disso, o governo da China foi um dos primeiros investidores a comprar o petro, a moeda virtual venezuelana. A compra e a venda do petro estão sendo feitas em yuanes (moeda chinesa) e também em euro.

A contribuição financeira chinesa para a recuperação da economia venezuelana é resultado dos acordos bilaterais entre os países, assinados em setembro deste ano, quando o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, visitou a nação asiática. Entre os convênios firmados está a ampliação da exportação de petróleo para a China. A nova meta estabelecida é a de aumentar para 1 milhão de barris a exportação diária. Hoje esse número é de 330 mil barris/dia.

Durante a visita, também foram feitos novos convênios para a extração de ouro na Venezuela e o fortalecimento das indústrias básicas de ferro e alumínio, segundo informou Maduro.

Representantes do Ministério de Finanças da Rússia realizam reunião de trabalho com a vice-presidenta da Venezuela

Rússia e Venezuela 

Além dos chineses, uma equipe econômica do Ministério de Finanças da Rússia está na Venezuela nesta semana para contribuir com as próximas etapas do Plano de Recuperação Econômica do país latino-americano. No mês passado, o ministro de Economia da Venezuela, Tareck El Aissami, esteve na Rússia e realizou uma reunião com o vice-presidente russo, Yuri Borísov, com o objetivo de ampliar os acordos estratégicos entre as duas nações.

Os principais investimentos da Rússia na Venezuela se concentram no setor de produção de petróleo e em uma parceria com a estatal venezuelana PDVSA na área de refino de petróleo.

Além disso, os russos, que já tinham atuado na criação do petro e na gestão tecnológica da criptomoeda, agora vão reforçar a equipe de especialistas econômicos que assessoram o governo venezuelano.

Nessa segunda-feira (29), a vice-presenta venezuelana, Delcy Rodríguez, se reuniu ainda com representantes do Banco de Desenvolvimento da América Latina, que preveem novos investimentos no país caribenho.

Edição: Vivian Fernandes