PREMIAÇÃO

Centro Cultural Cais do Sertão é finalista do Prêmio Nacional do Turismo

A única indicação do estado é finalista na edição 2018 da premiação

Brasil de Fato | Recife (PE)

,
Mais de 240 inciativas voltadas para a área de cultura e turismo foram indicadas ao prêmio / Thales Paiva
A requalificação do segundo módulo do Cais do Sertão concorre ao Prêmio Nacional do Turismo, realizado pelo Ministério do Turismo. A premiação acontece nessa quarta-feira (5), no Rio de Janeiro.
 
A área do museu que concorre ao prêmio é o bloco elevado de concreto com anexo ao Museu Luiz Gonzaga. O novo prédio conta com salas de aula para cursos, auditório multiuso com 232 lugares, espaço para exposições temporárias, jardim suspenso, um bar/café no térreo e um restaurante na cobertura, com vista para o mar, para o Porto do Recife e para a cidade, além de vão livre de cerca de 60 metros, o segundo maior da América Latina. O espaço foi idealizado pelo arquiteto Marcelo Ferraz, colaborador de Oscar Niemeyer e idealizador de projetos como o Sesc Pompeia, em São Paulo.
 
O Centro Cultural Cais do Sertão é o único finalista pernambucano e concorre na área de valorização do patrimônio pelo turismo. Mais de 240 iniciativas de todo o país concorreram nas áreas de monitoramento e avaliação do turismo, qualificação e formalização no turismo, valorização do patrimônio pelo turismo, turismo de base local e produção associada ao turismo, turismo social, inovação tecnológica no turismo e marketing e apoio à comercialização do turismo.

Edição: Vinícius Sobreira