CLIMA

Fortes chuvas assolam a Paraíba esta quarta

João Pessoa e Campina Grande são as cidades mais afetadas

Brasil de Fato | João Pessoa (PB)

,
Carro engolido por buraco provocado pelas chuvas, no Bairro dos Estados, em João Pessoa (PB) / Reprodução

Estranhamente nesta época do ano, as cidades de João Pessoa e Campina Grande amanheceram nesta quarta-feira (13) sob chuvas fortes, relâmpagos e trovões. Ainda na terça (12), o Instituto Nacional de Metereologia (Inmet) emitiu alerta de chuva entre 20 e 30 mm para 221 municípios da Paraíba. Já a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa-PB) emitiu um aviso metereológico  prevendo chuvas representativas no decorrer das próximas 48 horas em áreas do estado da Paraíba. Portanto, as fortes chuvas iniciadas na madrugada desta quarta devem permanecer até a quinta-feira.

O resultado é uma série de transtornos e alagamentos provocadas pelo acúmulo de água nas ruas das cidades. No entanto, de acordo com o alerta da Aesa, as chuvas devem ser mais fortes na região litorânea, e nas outras partes do estado, elas devem ser isoladas.

A nota da Aesa ainda ressalta que “as pancadas de chuva previstas para as áreas de aviso poderão ser localizadas em virtude da formação de nuvens tipo Cumulonimbus, a qual, dependendo da sua intensificação poderá gerar chuvas acompanhadas por trovoadas e rajadas de vento”.

As chuvas em João Pessoa já acumulam mais de 117 mm em menos de 24 horas.

Trecho próximo ao Posto 99, no cruzamento entre Tito Silva e Epitácio Pessoa, em João Pessoa (PB). / Reprodução.

Em João Pessoa, trechos das principais ruas ficaram alagados como na Avenida Sérgio Guerra, altura do Equilíbrio do Ser, no bairro dos Bancários, no cruzamento entre a Epitácio Pessoa e a Tito Silva, no Posto 99, assim como em alguns trechos da Avenida Pedro II.

“É muito estranho essas chuvas nessa época do ano, parece que elas começaram mais cedo, né? Hoje eu não levei minha filha na escola porque estava inviável, assim sem condições”, relatou Sandra Vieira, moradora do bairro da Torre.

Algumas atividades foram canceladas por causas da chuva. “Hoje tínhamos reunião para construção do 8 de março, mas foi cancelada por causa das fortes chuvas e da mobilidade em João Pessoa que ficou comprometida”, disse Joana Brustolin, moradora do bairro dos Bancários.

A previsão é de que as chuvas continuem até quinta. A Aesa disse estar em estado de atenção.

Edição: Cida Alves