REIVINDICAÇÃO

Comunidade escolar de Mandacaru protesta por Volta às Aulas na EMEF Francisca Moura

Após manifestação: haverá remanejamento das aulas para a escola José de Barros Moreira, com início dia 15/04

Brasil de Fato | João Pessoa - PB

,
Pais e alunas(os) de várias outras escolas estiveram presentes / Foto: Arquivo pessoal

Cerca de 50 pessoas se reuniram hoje (08) no fim da tarde na EMEF (Escola) Francisca Moura no bairro de Mandacaru para reivindicar a volta às aulas. O protesto foi feito por alunos da rede estadual e também da rede municipal, além de pais e representantes da Associação do Bairro de Mandacaru. Segundo as coordenadoras Maria Leonia e Francisca Jacinto, um ginásio está sendo construído na escola, reivindicação conquistada através do orçamento democrático estadual, e conseguiram também uma reforma para a escola junto à Prefeitura.  “Este é o movimento que a comunidade está fazendo em prol da Educação em Mandacaru porque esta escola é bem antiga, e é uma reivindicação da classe estudantil. O ginásio não foi concluído porém está no prazo. A escola tinha problemas de eletricidade, caixa d'água e através do ginásio conseguimos a reforma da escola como pintura e climatização, mas para isso, o tempo foi curto e não tiveram condições de concluir.Protesto na EMEF Francisca Moura (Foto: Arquivo pessoal)Protesto na EMEF Francisca Moura (Foto: Arquivo pessoal)

Elas acrescentam que a comunidade reivindica o início das aulas, porém, também quer uma melhoria da educação em Mandacaru porque há outras escolas funcionando em péssimas qualidades como a Tenente Lucena, o Instituto dos Cegos e Padre Ibiapina. A comunidade, juntamente com coordenação da escola e a Secretaria de Educação do Município, conseguiram chegar a um acordo, e as aulas da escola Francisca Moura serão remanejadas para a escola José de Barros Moreira, naquela mesma localidade, tendo início no dia 15 de abril, próxima segunda-feira. Elas ainda comunicam que a construtora deu um prazo até o final do Julho para terminar a reforma da Emef Francisca Moura.Coordenadoras Maria Leonia e Francisca Jacinto (Foto: Arquivo pessoal)Protesto na EMEF Francisca Moura (Foto: Arquivo pessoal)

Edição: Cida Alves