Cabeça Erguida

Botafogo luta até o fim, mas título da Copa do Nordeste termina com Fortaleza

O jogo aconteceu no estádio Almeidão, em João Pessoa e movimentou a cidade

Brasil de Fato | João Pessoa (PB)

,
O público lotou o estádio Almeidão, em João Pessoa, para ver a final da Copa do Nordeste. / Reprodução

Mais de 17 mil torcedores lotaram o estádio Almeidão. Uma minoria vinda da capital cearense. A imensa maioria de torcedores do belo, confiantes no título inédito, na virada em casa após perder o primeiro jogo da final em Fortaleza. Logo no início do jogo um balde de água fria. O ótimo zagueiro, homônimo do maior presidente da história desse país, falhou. Lula tentou sair jogando ao invés de afastar a bola e a gorduchinha acabou nos pés de Wellington Paulista, decisivo, que já havia marcado o gol no jogo de ida, abrir o placar.

A torcida sentiu um pouco o baque. O time também. Por alguns minutos, o time da estrela vermelha foi dominado em campo. Mas aos poucos o som da torcida voltou a dominar o estádio e junto aos gritos de Evaristo Piza o belo voltou para o jogo. O domínio da bola não se transformou de imediato em chances de gol. Apenas no fim do primeiro tempo uma chance real, nos pés do maestro Marcos Aurélio.

No segundo tempo, Piza colocou o time ainda mais no ataque e o jogo ficou frenético. O time pessoense cruzava bolas na área, forçando a jogada pela linha de fundo. Enquanto isso o Fortaleza era muito perigoso no contra-ataque, chegando ao menos três vezes cara a cara com o goleiro Saulo. Mesmo com o jogo absolutamente aberto e com ótimas chances, nenhuma das equipes conseguiu marcar. E o resultado final acabou sendo a vitória do Fortaleza e a frustração da torcida botafoguense que sabia que o time podia mais, que sabe que o time jogou o melhor futebol do nordeste nesse primeiro semestre. 

O jeito agora é centrar forças no principal objetivo do ano: uma vaga entre os quatro melhores da série C do Campeonato Brasileiro e a vaga na Série B do próximo ano. O belo é terceiro colocado do grupo A e já enfrenta o Confiança domingo, em Aracajú. Não há tempo para lamentar. Time e torcida estão de parabéns. Para além do título, essa equipe já será lembrada pelo ótimo futebol. Pode ficar na história ainda mais caso consiga o acesso.

Nota Triste

Rojões foram soltos e polícia reagiu com balas de borrachas./ Reprodução.

Mais uma vez a força policial agiu com truculência e torcedores do Fortaleza terminaram feridos ainda durante o segundo tempo. A informação é de que alguns fogos foram jogados no fosso do estádio em provocação à torcida do Botafogo. Além disso, um rojão foi atirado pela torcida do tricolor do Pici. Isso bastou para a Policia Militar disparar bala de borracha e gás de pimenta nos torcedores. O resultado foi uma confusão generalizada, torcedores feridos e outros passando mal. Vale lembrar que crianças estavam entre esses torcedores. Uma situação que poderia ser facilmente contornada caso a força de segurança fosse preparada para tal ação. Afinal, a torcida da equipe esteve em pequeno número.

Edição: Heloisa de Sousa