PAPO ESPORTIVO | Copa do Mundo Feminina quebra recordes de audiência

Imagem de perfil do Podcast
Papo Esportivo

Ouça o áudio:

A França venceu a Coreia do Sul por 4 a 0 na partida de abertura da Copa do Mundo Feminina / Reprodução / Facebook / FIFA Women's World Cup
A FIFA espera 1 bilhão de espectadores em todo o Mundial da França

Meu amigo, pode ir tirando o cavalinho da chuva se você ainda duvida do poder do futebol feminino. A Copa do Mundo da França está simplesmente pulverizando os recordes de audiência. Nunca tivemos tantas televisões e tantos olhos voltados para uma competição da modalidade na história deste velho e rude esporte bretão. A FIFA já fazia excelentes estimativas de audiência para a edição de 2019 da sua Copa do Mundo, mas acredito que ninguém esperava marcas tão boas como essas. E olha que ainda estamos na fase de grupos hein?

De acordo com site Máquina do Esporte, o canal de TV aberta francês TF1 registrou 44% das TV’s ligadas na partida de abertura do Mundial (vitória das anfitriãs sobre a Coreia do Sul por 4 a 0). A transmissão atingiu um pico de 10,9 milhões de pessoas. Acha pouco? Compare com os números da estreia da seleção masculina na Copa do Mundo da Rússia, no ano passado: 12,6 milhões. Sim, o número ainda é maior do que o das mulheres, mas a diferença caiu bastante. Ainda mais se olharmos para o melhor desempenho da TF1 em jogos de futebol feminino até o início do Mundial: 4,12 milhões de espectadores.

Na TV fechada, o Canal+ teve uma audiência média de 826 mil torcedores com pico de 925 mil. A BBC de Londres (na Inglaterra) registrou 2,9 milhões de britânicos ligados na abertura da Copa do Mundo e 6,1 milhões de torcedores quando as inglesas estrearam na competição (com vitória de 2 a 1 sobre a Escócia). Essa, aliás, já é a partida mais assistida da história do futebol feminino no país.

E nos Estados Unidos, a FOX registrou um aumento de 11% de audiência em comparação com a Copa do Mundo de 2015. E se formos comparar as audiências de 2011 e 2019, o aumento é de incríveis 79%.

Aqui no Brasil não foi diferente. De acordo com o site Globoesporte.com, a vitória da Seleção Brasileira por 3 a 0 sobre a Jamaica na manhã do último domingo (9) rendeu 20 pontos de audiência para a TV Globo conforme levantamento feito pelo IBOPE. A média para o horário é de 10 pontos. E a média do canal nos tradicionais jogos de quarta-feira à noite (do futebol masculino) gira em torno dos 20 pontos.

De acordo com o site Dibradoras, as buscas no Google pela Seleção Brasileira de Futebol Feminino chegaram a níveis estratosféricos. As buscas pela atacante Cristiane (autora dos três gols da vitória brasileira) aumentaram 7800%. E isso tudo sem contar as menções em redes sociais. No domingo, durante o jogo do Brasil, a Copa do Mundo Feminina e a estreia das nossas meninas foram os assuntos mais comentados no Twitter no mundo inteiro.

Ainda tem muita água pra rolar na Copa do Mundo Feminina. O Brasil, por exemplo, volta a campo nesta quinta-feira (13) contra a Austrália e ainda teremos confrontos interessantíssimos nessa primeira fase. Talvez o mais esperado seja Estados Unidos x Suécia no dia 20 de junho, na última rodada da fase de grupos. Não é por acaso que a FIFA espera mais de 1 bilhão de espectadores até o final da competição.

Tomara que este seja o início de uma nova era para o futebol feminino no Brasil e no mundo. Mais estrutura, mais jogos, mais cobertura e menos preconceito de todos.

Edição: Brasil de Fato (RJ)