MOBILIZAÇÃO

Centro Acadêmico do Direito da USP faz abaixo-assinado por renúncia de Moro

Manifesto do XI de Agosto recebe apoio de juristas de renome e pede também a libertação de Lula

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça o áudio:

O documento acusa Moro de “parcialidade abusiva na operação Lava Jato” e pede sua renúncia imediata / Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Centro Acadêmico XI de Agosto, que representa os estudante da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), a São Francisco, divulgou nesta quinta-feira (11) um abaixo-assinado pedindo a renúncia de Moro.

O documento acusa Moro de “parcialidade abusiva na operação Lava Jato” e pede sua renúncia imediata, a nulidade dos processos conduzidos por ele na Lava Jato e a liberdade imediata para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Moro instrumentalizou seus ofícios para tirar Lula da corrida presidencial e favorecer Jair Bolsonaro, segundo colocado nas pesquisas. Auferiu, por conta disso, contrapartida direta ao ser indicado para o cargo de Ministro da Justiça. Ao lado dos inúmeros abusos necessários para atingir esse objetivo, suficientemente expostos nos vazamentos do Intercept, foi preciso criar um cenário de espetacularização em torno da Operação Lava Jato, justamente para ofuscar os absurdos ocorridos ao longo de seus capítulos cinematograficamente batizados”, afirma o manifesto.

A mobilização conta com o apoio de juristas de renome e professores da faculdade. Entre eles, estão Juarez Cirino dos Santos, presidente do Instituto de Criminologia e Política Criminal (ICPC); José Eduardo Cardozo, ex-Ministro da Justiça; Carol Proner, da Secretaria Internacional da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD); Sérgio Salomão Shecaira, professor titular de Direito Penal da Faculdade de Direito da USP; Maurício Stegemann Dieter, professor doutor de Criminologia e Direito Penal da Graduação e Pós-Graduação da USP), Valdete Souto Severo, presidenta da Associação Juízes para a Democracia (AJD); e Jorge Luiz Souto Maior Professor e ex-chefe do Departamento de Direito do Trabalho e da Seguridade Social da Faculdade de Direito da USP.

Clique aqui para saber mais, ler o manifesto e assinar o abaixo-assinado pela renúncia de Moro.

 

Edição: Pedro Ribeiro Nogueira