AFROFEMINISMO

Cortejo de Mulheres Negras leva ancestralidade e luta para o centro de JP

O tema do 25J deste ano é: Mulheres Negras pelo Bem Viver: Afrontando o Racismo, por um Nordeste Livre!

Brasil de Fato | João Pessoa - PB

,

Ouça o áudio:

Cortejo de Mulheres Negras - PB | Na foto, Dindara com xequerê / Foto Arquivo Cortejo de Mulheres Negras

Nesta quinta-feira (25), a partir das 7h da manhã, irá acontecer o tradicional Cortejo das Mulheres Negras em alusão à 21ª edição do “25 de Julho - Dia Internacional das Mulheres Negras da América Latina e do Caribe”e Dia Nacional de Tereza de Benguela. O 25J deste ano tem como tema: Mulheres Negras pelo Bem Viver: Afrontando o racismo, por um nordeste livre! - e o cortejo que tradicionalmente acontece no centro da cidade de João Pessoa, como nos outros anos, terá concentração no Mercado Público Central, em frente à floricultura Moça Flor. A organização é do movimento de Mulheres Negras na Paraíba que reuniu este ano diversos segmentos, entidades, gabinetes e movimentos sociais para realizar uma agenda extensa de atividades alusivas ao 25J.

Segundo Hildevânia Macedo, da Articulação de Mulheres Brasileiras-AMB /Paraíba, a ideia esse ano é reunir mulheres do afrobatuque e mulheres ativistas contra o racismo e o machismo, denunciando a violência através das músicas, poesias, e focando na retirada de direitos promovidas pelo governo ultra-direita de Jair Bolsonaro. "A 21°edição do 25 de Julho na Paraíba traz pra ruas o debate do Nordeste Livre. Livre da transfobia, racismo, extermínio da juventude negra, lgbtfobia, mortalidade materna e a violência contra as mulheres", conta ela. "Também vamos focar o 25J deste ano o debate no retrocessos de direitos. Sabemos o quanto a população negra sentirá ainda mais os impactos deste governo fascista, racista e misógino. Sabemos que há um projeto de genocídio da população negra que se comprova pelo pacote anticrime lançado por Bolsonaro e Sérgio Moro, onde a população negra continuará sendo o alvo principal”, reflete Hildevânia.

Hildevânia Macedo - Foto: Arquivo Pessoal

Ela acrescenta que na quarta-feira haverá uma sensibilização e convite para as mulheres feirantes também participarem do cortejo.Cortejo de Mulheres Negras (2018) - Foto Arquivo Cortejo de Mulheres Negras

Cortejo de Mulheres Negras (2018) - Foto Arquivo Cortejo de Mulheres Negras

Acompanhe a programação:

Edição: Cida Alves