O POVO LEMBRA

Bolsonarista e ministro de Temer, Mendonça é vaiado e deixa evento no próprio estado

O ex-deputado federal e ex-ministro da Educação foi rejeitado pelo público em evento da Google em Pernambuco

Brasil de Fato | Recife (PE)

,
O ex-ministro da Educação daria palestra voltada para professores e estudantes; ele foi derrotado nas urnas após sua gestão no MEC / Lula Marques/Agência PT

Na noite desta terça (13) o ex-deputado federal e ex-ministro da Educação Mendonça Filho (DEM) precisou abandonar o palco em que faria palestra em seu próprio estado, Pernambuco. Sob gritos de "golpista", "fascista" e "fora", além seguidas vaias de um auditório lotado, Mendonça abandonou o evento "Cresça com o Google", que está acontecendo no Centro de Convenções, em Olinda.

O ex-ministro da Educação do governo ilegítimo de Michel Temer daria palestra voltada para professores e estudantes às 19h desta terça. Mas, diante dos eleitores de seu estado e justamente dos grupos que sentiram na pele as medidas aplicadas por ele como ministro, Mendonça não resistiu nem cinco minutos no palco. A curta fala do ex-ministro  ainda foi interrompida por um grito de "Lula Livre", seguido de aplausos. Assista ao vídeo.

Principal liderança do DEM em Pernambuco durante anos, Mendonça Filho apoiou o golpe contra a ex-presidenta Dilma Rousseff (PT) em 2016, sendo nomeado para o Ministério da Educação logo em seguida. Durante sua gestão, os cortes de verbas para as universidades públicas foi algo comum e levou algumas universidades a passarem meses com as portas fechadas.

Com a gestão a frente do ministério, Mendonça acreditou que poderia se eleger senador por Pernambuco - mesmo erro cometido por outro pernambucano, Bruno Araújo (PSDB), que também era deputado federal, apoiou o golpe e assumiu ministério do governo Temer. Ambos foram derrotados em suas campanhas ao Senado, com Mendonça (DEM) obtendo 19,6% dos votos válidos, enquanto Bruno Araújo teve 13,9%. Após a derrota, ambos assumiram o apoio a Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno.

Leia: Ministros de Temer perdem mandatos em Pernambuco

Enquanto Bruno Araújo se aliou ao governador de São Paulo, João Dória (PSDB), e foi nomeado presidente nacional do PSDB; Mendonça Filho perdeu influência tanto nacional como localmente. Hoje Mendonça atua como consultor da Fundação Lemann.

O deputado federal Fernando Bezerra Coelho Filho, também ex-ministro de Temer, foi o único parlamentar do DEM em Pernambuco eleito para a Câmara Federal. Para a Assembleia Legislativa, Mendonça até tentou emplacar seu filho como deputado estadual, mas também foi derrotado. O DEM elegeu Priscila Krause e Guilherme Bezerra Coelho.

O evento

Nesta terça (13) e quarta-feira (14) o Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda, está sediando o evento "Cresça com o Google", organizado pela transnacional da tecnologia com o objetivo de estimular diversas categorias profissionais a utilizarem as ferramentas do Google. O público do evento, que ontem recebeu bem o deputado federal João Campos (PSB), é composto por professores, estudantes, profissionais de marketing, jornalistas e desenvolvedores.

Edição: Monyse Ravena