Que direito é esse?

Posso sacar meu FGTS?

A partir deste mês, os trabalhadores poderão sacar R$ 500 de suas contas do FGTS.

Brasil de Fato | Curitiba (PR)

,
Eloísa Dias Gonçalves é advogada popular e colunista do Brasil de Fato Paraná / Arte: Vanda Moraes

A partir deste mês, os trabalhadores poderão sacar R$ 500 de suas contas do FGTS. Importante lembrar que cada vínculo empregatício gera, em regra, uma conta. Assim, se tiver, por exemplo, uma conta ativa e uma inativa, poderá sacar R$ 500 de cada. 

Você pode conferir seu saldo no site da Caixa, no aplicativo do FGTS ou em uma agência bancária, informando o NIS (Número de Identificação Social) – veja na sua carteira de trabalho. 

Para pedir o saque, tem de ir a uma agência da Caixa, apresentando documento de identificação com foto, carteira de trabalho e número de inscrição no PIS/PASEP. 

A data de liberação depende do mês de aniversário e de ter conta na Caixa. Quem nasceu entre janeiro e abril e tem conta na Caixa, pode sacar a partir de 13 de setembro. De maio a agosto, em 27 de setembro. Os demais, a partir de 9 de outubro. 

Para quem não tem conta na Caixa, os saques começam em 18 de outubro, a data variando de acordo com o mês de nascimento. 

Essa liberação de parte do saldo do FGTS pretende “aquecer a economia”. Contudo, especialistas questionam a medida, que tem efeitos de curto prazo. Para retomar o crescimento, é necessária uma política econômica consistente, com investimentos de médio e longo prazo. 

Eloísa Dias Gonçalves é advogada popular. 

Edição: Laís Melo