Coluna

América Latina diz não ao neoliberalismo

Imagem de perfil do Colunista
10 de Outubro de 2019 às 08:30

Ouça o áudio:

Na última segunda (7), o presidente do Equador transferiu a sede do governo para Guayaquil / Cristina Vega/AFP
Que sirva de exemplo para nós no Brasil, porque os projetos são os mesmos

Na coluna desta quarta-feira (09), a ex-senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB) avalia a conjuntura em diferentes países da América Latina que tiveram vitória eleitoral de governos neoliberais, como Argentina e Equador. Grazziotin lembra que a Argentina, comandado por Mauricio Macri, vive um processo de desindustrialização e empobrecimento. "E no Equador, estamos assistindo a ebulições em decorrência de reformas neoliberais. A população começa a se levantar e dizer 'não' ao governo de Lenín Maduro", diz.

"Que sirva de exemplo para nós no Brasil, porque os projetos são os mesmos. São projetos neoliberais que pioram a vida da população, estragam a economia, além de ferir a soberania nacional", opina. 

Grazziotin também comenta as eleições que acontecem nas próximas semanas no Uruguai e na Bolívia e a perspectiva de que forças progressistas sejam vitoriosas. 

 

Edição: Júlia Rohden