Brasil de Fato

Uma Visão Popular do Brasil e do Mundo

Boicote à Rede Globo critica política monopolista


13/03/2009 Michelle Amaralda RedaçãoOrganizações e entidadessociais, em especial do Nordeste, promovem nesta sexta-feira(13) um boicote àRede Globo de Comunicação. O motivo foi uma decisão da diretoria darede de televisão de tirar de seu satélite o sinal da TV Diário, emissoracearense que transmitia conteúdo nordestino a todo o país via antenaparabólica.No chamado Dia Nacional doBoicote à Rede Globo pretende-se que telespectadores de todo o país,principalmente os nordestinos, deixem de ver as transmissões da Globo, bem comodeixem de consultar todos os meios de comunicação pertencentes ao grupo, comorevistas, jornais, rádios e páginas da Internet.Segundo as organizaçõesque promovem o boicote, a Rede Globo viu-se ameaçada pela TV Diário, que competiapelo público com outras afiliadas da Globo e com o sinal da própria rede, epara não perder audiência e nem prejudicar suas afiliadas resolveu tirar osinal da emissora de seu satélite.A últimatransmissão a nível nacional do conteúdo da TV Diário, conhecida como “a vozque vinha do nordeste brasileiro”, foi realizada no dia 25 de fevereiro. Ocorte na transmissão nacional da emissora se deu por conta de um acordo entre adireção da Globo e sua afiliada cearense, a TV Verdes Mares, cujos donos tambémcontrolam a TV Diário. De acordo com a direção da rede de televisão, o seu papel é garantir harmonia “nos sinais de VHF e UHF de forma que estes fiquem circunscritos a seusterritórios de cobertura”. Desta forma, hojea programação da TV Diário tem sido veiculada em canal aberto somente no Cearáe, via cabo, em algumas cidades de outros Estados.”Essadecisão [de retirar o sinal da TV Diário] faz parte das táticas monopolistas daRede Globo”, afirma João Brant do coletivo Intervozes, organização da sociedade civil quemonitora a radiodifusão no Brasil, que explica que mesmo sem participardiretamente da promoção do boicote, o Intervozes apóia a iniciativa.