Brasil de Fato

Uma Visão Popular do Brasil e do Mundo

Estudo sobre milho transgênico é publicado novamente

Com a nova publicação, equipe do professor Séralini confirma que o herbicida Roudup provoca deficiências graves no fígado e nos rins; pesquisa havia sido retirada de revista após gerar polêmica envolvendo a Monsanto, fabricante do herbicida


Da Redação

O estudo realizado pelo professor Gilles-Eric Séralini sobre a toxicidade crônica provocada pelo herbicida Roundup e pelo milho transgênico NK 603 foi novamente publicado. O artigo, que saiu originalmente em setembro de 2012 na revista Food and Chemical Toxicologyo, havia sido retirado após muita polêmica e pressão.

Depois da repercussão causada pelo estudo inédito, a Food and Chemical Toxicologyo recompôs seu conselho editorial para abrigar um ex-funcionário da Monsanto, empresa fabricante do Roundup. Logo depois, anunciou a retirada do artigo.

Com a nova publicação e novos dados disponíveis on line, a equipe do professor Séralini confirma que o herbicida mais vendido no mundo provoca deficiências graves no fígado e nos rins, bem como alterações hormonais, tais como tumores mamários.

Agora, a Environmental Sciences Europe republica uma versão expandida do artigo em que são mantidas suas conclusões originais e são oferecidos à comunidade científica em geral os dados brutos da pesquisa, algo jamais feito pelas empresas de biotecnologia.