Brasil de Fato

Uma Visão Popular do Brasil e do Mundo

Governo da Nova Zelândia espionou cidadãos, revela Snowden

Ex-agente da NSA afirmou que a agência tem diversas instalações na maior cidade do sul do Pacífico para acessar quantidades enormes de informação











Reprodução



Da Redação

O ex-agente da Agência Nacional de Segurança (NSA, na sigla em inglês) Edward Snowden afirmou que o governo da Nova Zelândia realizou espionagem em massa dos cidadãos do país. A informação foi dada nessa segunda-feira (15) pelo jornalista norte-americano Glenn Greenwald. Segundo Snowden, a NSA tem diversas instalações na maior cidade do sul do Pacífico para acessar quantidades enormes de informação.

A coleta em massa de dados teria sido feita pela agência de espionagem do país, o Gabinete de Segurança da Informação do Governo (GCSB, na sigla em inglês), dentro da aliança dos “Cinco Olhos”.

Logo após sua declaração, o primeiro-ministro neozelandês, John Key, publicou uma nota dizendo que a GCSB nunca realizou operações massivas de vigilância contra sua própria população. Key afirmou ter liberado o acesso a documentos secretos que provam sua alegação.

Snowden disse, no entanto, que Key estava escolhendo cuidadosamente suas palavras, e reafirmou que as agências neozelandesas coletam informações para a NSA e então acessam esses dados. “Existem instalações da NSA na Nova Zelândia das quais o GCSB tem conhecimento e isso significa que o primeiro-ministro sabe”, disse Snowden. “E uma dessas instalações fica em Auckland.”

Greenwald e Snowden participaram de um evento sobre o mundo digital organizado na Nova Zelândia ontem (15). Snowden, que se encontra asilado na Rússia, participou por meio de uma videoconferência.

As eleições na Nova Zelândia ocorrerão no dia 20 de setembro. Pesquisas de opinião indicam que o Partido Nacional, de Key, é o favorito e deverá ganhar um terceiro mandato.

Com informações do Opera Mundi