Paraná

Manifestação cobra diagnóstico sobre crianças em situação de rua

Em Curitiba, ato ocorre nesta sexta (21), na Boca Maldita, Centro da cidade.

Brasil de Fato | Curitiba (PR)

,
Passados 24 anos da “Chacina da Candelária”, o Brasil ainda não sabe quantas crianças e adolescentes vivem nessas condições / Arte / 'Criança Não é de Rua'

A XI ação nacional Criança Não é de Rua acontece em dia 21 de julho com o tema “Por um diagnóstico nacional já”. No evento, organizações sociais de todo o país realizam atividades artísticas urbanas, blitz, panfletagens e coletam assinaturas para um abaixo-assinado. 

Passados 24 anos da “Chacina da Candelária”, ocorrida no Rio de Janeiro em 23 de julho de 1993, o Brasil ainda não sabe quantas crianças e adolescentes estão em situação de rua. “O Brasil não tem dados consolidados nacionalmente sobre esta problemática. Alguns municípios realizam levantamentos, mas não existe um censo de todo o território Nacional”, denuncia o manifesto que convida a população a participar da atividade.  

Ação nacional 

Em sua XI edição, o evento é realizado anualmente com objetivo de dar visibilidade à situação de crianças e adolescentes que vivem nas ruas no Brasil, sensibilizar a sociedade e reivindicar, do poder público, ações para enfrentar este fenômeno social. 

Para ficar por dentro 

O quê: Ação nacional “Criança Não é de Rua” 

Quando: Dia 21 de julho às 10h 

Onde: Concentração na Boca Maldita, Centro de Curitiba 

 

Edição: Carolina Goetten