NA GERAL

Basquete: Brasil enfrenta Venezuela e Colômbia nas eliminatórias da Copa do Mundo

Jogos nas noites desta sexta (29) e segunda-feira (2) serão transmitidos pelo Esporte Interativo e pela internet

Brasil de Fato | Recife (PE)

,
A Seleção Brasileira de basquete entra em quadra buscando mais duas vitórias na fase classificatória para a Copa do Mundo FIBA 2019 / CBB

Nesta sexta-feira (29) e segunda-feira (2) a Seleção Brasileira de basquete entra em quadra buscando mais duas vitórias na fase classificatória para a Copa do Mundo FIBA 2019, a ser realizada na China. Ambos os jogos são fora de casa: na sexta contra a Venezuela, em Caracas, às 20h (de Brasília); e na segunda contra a Colômbia, em Medellín, às 18h. Os jogos serão transmitidos pelo canal de TV a cabo Esporte Interativo e pela internet através do site livebasketball.tv. São as rodadas 5 e 6 desta fase. O Brasil venceu os quatro primeiros jogos e, caso vença a Venezuela, garante a liderança do Grupo B, que tem ainda a Colômbia e o Chile. Em solo brasileiro a seleção venceu com folga a Venezuela (72x60) e principalmente a Colômbia (84x49).

A partida marca a volta do experiente armador Marcelinho Huertas, de 35 anos. Devido ao calendário de jogos de seu clube, o atleta do Baskonia-ESP não pode jogar nas duas primeiras janelas de jogos classificatórios. Os jogos também serão os primeiros do armador Scott Machado, 28 anos, com a camisa do Brasil. Filho de brasileira e norte-americano, Scott nasceu e viveu nos Estados Unidos, onde iniciou sua carreira no basquete, sendo draftado pelo Houston Hockets. Hoje atual pelo South Bay Lakers, dos EUA.

Por outro lado o Brasil não poderá contar com a jovem promessa Cristiano Felício, de 25 anos. O pivô do Chicago Bulls foi impedido pela NBA, alegando que o seguro do jogador não cobriria estes jogos. O ala Gui Bento, 21 anos (do Pinheiros-BRA) e o armador Rafa Luz, 26 anos (Franca-BRA), foram cortados pelo técnico croata Aleksandar Petrovic devido a questões físicas.

Confira a lista dos atletas disponíveis para Petrovic nestes dois jogos:

Armadores

Marcelinho Hertas, 35 anos (Baskonia-ESP)

Yago Santos, 19 anos (Paulistano-BRA)

Scott Machado, 28 anos (South BayLakers-EUA)

Alas

Victor Benite, 28 anos (Murcia-ESP)

Léo Meindl, 25 anos (Franca-BRA)

Johnathan Luz, 31 anos (Paulistano-BRA)

Jimmy Oliveira, 28 anos (Mogi-BRA)

Pivôs

Lucas Dias, 22 anos (Paulistano-BRA)

Lucas Cipolini, 32 anos (Franca-BRA)

Renan Lenz, 27 anos (Bauru-BRA)

Rafael Hettsheimer, 32 anos (Bauru-BRA)

Anderson Varejão, 35 anos (Flamengo-BRA)

A fase classificatória das Américas para a Copa do Mundo reúne 16 seleções das quatro regiões do continente divididas em quatro grupos. O Brasil está no Grupo B, com Chile, Colômbia e Venezuela. São disputados jogos de ida e volta, totalizando 6 rodadas. De cada um dos quatro grupos passam três equipes para a segunda fase, na qual as doze seleções serão divididas em dois grupos, que também terão duelos de ida e volta, totalizando dez rodadas.

Fim da suspensão

Outra boa notícia do basquete nacional é que no último dia 18 de junho a Federação Internacional de Basquete (FIBA) retirou em definitivo a suspensão da Confederação Brasileira de Basquete (CBB). No fim de 2016 a FIBA suspendeu as seleções brasileiras e clubes nacionais de disputarem torneios internacionais – da FIBA – como forma de punir a CBB, que viveu ali o auge de uma crise que se arrastava havia anos. Novas eleições foram realizadas, novos pactos foram firmados e, em junho de 2017, após sete meses de punição, o Brasil voltou a disputar competições internacionais, mas em status de observação. Após um ano em observação, a FIBA recoloca a CBB nas disputas internacionais.

Edição: Catarina de Angola