APOIO

Vigília de solidariedade à greve de fome acontece no Recife

A proposta é que ocorram manifestações de solidariedade em todo o país nos próximos dias

Brasil de Fato | Petrolina (PE)

,
Além dos atos inter-religiosos na frente do STF, a proposta é realizar vigílias em todo o país / MST PE

Aderindo à onda de solidariedade nacional, o MST Pernambuco iniciou nessa segunda uma vigília em apoio aos grevistas. Até a próxima quarta (22), os apoiadores da greve de fome se encontrarão a partir das 19h na Praça da República, que fica em frente ao Tribunal de Justiça de Pernambuco, localizado no Bairro Santo Antônio. Com velas e faixas, a proposta é demonstrar apoio e solidariedade à greve de fome que tem o objetivo de pressionar a presidente do STF, a ministra Carmen Lúcia, a colocar em pauta as Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADC), que questionam a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância e possibilitariam a soltura do preso político e candidato à presidência Luís Inácio Lula da Silva.

A Greve de Fome por Justiça no Supremo Tribunal Federal (STF), deflagrada no dia 31 de julho já dura 22 dias. Jaime Amorim, Vilmar Pacífico e Zonália Santos, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Rafaela Alves e o frei Sergio Görgen, do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA),  Luiz Gonzaga Silva, o Gegê, da Central de Movimentos Populares (CMP) e Leonardo Soares, do Levante Popular da Juventude, que se juntou após uma semana de greve, já mostram sinais de fraqueza e fadiga. O que tem alegrado o cotidiano e diminuído os sintomas causados pela privação de alimento são as visitas e as demonstrações de solidariedade nos atos inter-religiosos que acontecem todos os dias na frente do STF.

Edição: Monyse Ravenna