TURISMO

Mundial de Surf volta a acontecer em Fernando de Noronha

A administração da ilha garantiu o retorno do campeonato no começo de 2019

Brasil de Fato | Recife (PE)

,
O campeonato deve acontecer na Cacimba do Padre, em Noronha / Antonio Melcop

Depois de seis anos, o Campeonato Mundial de Surf estará de volta ao arquipélago de Fernando de Noronha (PE), conforme anúncio oficial no Palácio de São Miguel, sede da Administração Distrital. O lançamento contou com a presença de representantes do Governo Estadual, direção da Hang Loose, que é responsável pela competição, Associação de Surfistas de Noronha e empresários locais.

A administração garantiu o retorno do campeonato no começo do próximo ano, possivelmente na Cacimba do Padre, onde sempre foi realizado. “É um dia feliz para Fernando de Noronha. Um campeonato que tanta gente pedia para voltar e que movimenta o turismo e a receita local. Vai ser importante para a comunidade noronhense ter um evento desse, como já foi há muito tempo”, disse o administrador da ilha, Guilherme Rocha.

De acordo com a direção da Hang Loose, a data já foi fechada com a Liga Mundial de Surf (World Surf League) e foi confirmado um campeonato com etapa de três mil pontos. Mas existe a possibilidade de subir para seis mil ou até dez mil pontos. Para Eron Pereira, diretor da Associação de Surf de Fernando de Noronha, “as expectativas nossas são as melhores. Um novo ciclo que vai começar. A associação de surf local e a ilha só tem a ganhar com o evento. A gente quer que a ilha receba esse evento de braços abertos como sempre sonhou”.

O secretário Executivo de Planejamento Turístico, da Secretaria de Turismo de Pernambuco, João Vinícius, disse que o campeonato pode ser inscrito na Lei de Incentivo ao Esporte Estadual, o que facilita a busca por recursos. “É o Governo fazendo o papel dele. Fomentando o surf, o esporte, o lazer, trazendo de volta para esta ilha espetacular um evento que nunca deveria ter saído. Vamos trabalhar nos próximos cinco meses para concretizar tudo o que foi apalavrado”.

O evento era realizado na ilha desde o ano 2000 e a última competição aconteceu em fevereiro de 2012. Na ocasião, o paulista Miguel Pupo venceu o título da Divisão de Acesso (WQS Prime) realizado na ilha. Naquele ano, Miguel se classificou em primeiro lugar para a disputa do Circuito Mundial em 2013

Edição: Monyse Ravenna