Diversão

Blocos convidam foliões a carnavalizar na periferia

Experiências da Região Noroeste estimulam comunidades e economias locais

Brasil de Fato | Belo Horizonte (MG)

,

Ouça o áudio:

Grupos têm baterias com moradores locais / Foto: Divulgação

Para se divertir no carnaval tem que ir para o centro? Os blocos que saem nos bairros da periferia de Belo Horizonte dizem que não. Eles estão criando grupos que se apresentam no bairro de origem, fortalecendo os laços da comunidade e estimulando a economia local. Que tal?

Garota, eu vou pro Califórnia

Nem precisa dizer de onde eles são, né. O Garota Eu Vou Pro Califórnia existe há três anos, levando muita gente para o bairro Califórnia I e sendo uma das principais atrações para os moradores. “Temos um público fiel. Não existia um evento no bairro que juntava todo mundo assim. Agora, o povo fica até magoado quando não tem ensaio”, conta Nathália Silva Baeta, integrante do bloco.

Quase toda a bateria é formada por moradores do próprio Califórnia, e isso faz com que o bairro se envolva muito. Nathália comenta que todos os gastos são pagos pela comunidade e por comerciantes locais.

No bairro São Salvador, também na região Noroeste, o comerciante Alexandre Lopes, do ABC do Espeto e Burguer, empresta o estabelecimento para os ensaios e reuniões do Bloco Transborda. A troca gera bons frutos para a economia local. “Desenvolve não só dos bares, também dos ambulantes que tem a oportunidade para as pessoas que não tem emprego tem uma renda extra”, comenta.

Conectar as periferias

Os blocos querem fortalecer um circuito entre os bairros. Rafael Gregório, integrante do Transborda, diz que o próximo desafio é que os blocos periféricos não fiquem apenas em seus bairros, mas façam conexões entre si. O Bloco Transborda estreia neste carnaval já com um “transbordamento”. No dia 9 de março, eles concentram às 12h e às 18h fazem um cortejo de alguns quarteirões até a cidade de Contagem. Depois, o inverso.

“Quero convidar os moradores de periferia para que venham conhecer os blocos periféricos de outros bairros. Incentive esse movimento, porque ele desenvolve a sua região”, anima Rafael.

Dicas na Noroeste


  • Bairro Califórnia I tem o Bloco Garota Eu Vou Pro Califórnia: 23 de fevereiro (sábado), às 14h - Avenida dos Clarins

  • No São Salvador tem o Bloco da Língua: 2 de março (sábado), às 12h - Rua Tigre, 175

  • No Novo Glória vai ter Bloco Oficina Tambolelê: 2 de março, às 16h - Rua São Cosme, 26

  • No São Salvador tem o Bloco Transborda: 9 de março (sábado), às 12h – Rua Monte Verde, 364

Edição: Elis Almeida