COLUNA DOS CLUBES

Coluna Coral | Mulher tem tudo a ver com futebol

Torcedoras se reúnem no Recife para discutir futebol e feminismo

Brasil de Fato | Recife (PE)

,
As torcedoras se reúnem para, além de assistir jogos, debater formas de tornar os estádios espaços menos hostis para as mulheres / Movimento Coralinas

Neste mês de março aconteceu o 2° encontro de Mulheres no Futebol. Promovido pelo Movimento Coralinas - movimento feminista da torcida do Santa - o evento reuniu cerca de 50 mulheres dos três clubes da Capital para debater a construção da luta coletiva feminina no futebol como forma de ocupar o ambiente do estádio, ainda, muito ácido às mulheres.

Nesse contexto, é importante lembrar que o termo “torcedor”, foi originado no século XIX, a partir de mulheres que levavam panos para o estádio e os torciam quando surgia algum lance de perigo contra seus times. Daí surgiu “torcedora”, transformando-se em “torcedor” quando no masculino. O encontro marcou não somente a união de torcedoras de Pernambuco contra o machismo, que diferente das aristocratas do século XIV, cantam, gritam, xingam, e, acima de tudo, escolheram o Santa Cruz como time do coração.

 

*Julia Rodrigues é torcedora do Santa Cruz

Edição: Monyse Ravenna