COLUNA DOS CLUBES

Coluna Timbu | Um jogo de 300 mil reais

O Náutico precisa ter inteligência e saber explorar a pressão existente sob o Vitória

Brasil de Fato | Recife (PE)

,
A classificação momentânea é excelente para o Náutico, pois permite que o clube avance de fase / Léo Lemos/ Náutico

Depois de um começo irregular, o Náutico conseguiu ir para a última rodada do Nordestão na 3º colocação do Grupo B. A classificação momentânea é excelente, pois permite que o clube avance de fase – o que ainda não aconteceu nessa nova fase da copa, vale lembrar – e assim ainda garanta uma renda extra de trezentos mil reais. Para tanto, o Náutico precisa “apenas” conseguir uma vitória diante do Vitória, no Barradão.

É verdade que o clube baiano não vive uma grande fase, com eliminações na copa do Brasil e no campeonato estadual. Contudo, até mesmo pela importância do jogo para o adversário, a partida se torna ainda mais difícil. O Náutico precisa ter inteligência e saber explorar a pressão existente sob o Vitória. Apostar na velocidade de Robinho e Tiago nos contra-ataques talvez seja uma boa opção. 

*Filipe Spenser é torcedor do Náutico

Edição: Monyse Ravenna