Brasil de Fato RS - Edição 17

Brasil de Fato RS - Edição 17

Resumo do BdF RS 17

Hora da verdade - o ex-juiz e hoje ministro Sérgio Moro, principal figura da Lava Jato, encara seu pior momento. Muitos daqueles que o admiravam estão chocados com as revelações que vieram à tona através de The Intercept Brasil, demonstrando que, nos bastidores da operação, era menos o juiz e mais o chefe dos procuradores. Dentro e fora do Brasil, aumentam os que o criticam e escasseiam os que o defendem.

Lava Jato – Antes dos diálogos de Sergio Moro com os procuradores, onde o juiz assume praticamente o papel de coordenador da acusação, 122 juristas já haviam apontado os descaminhos da Lava Jato.

Entrevista – O jurista Lênio Streck, professor na Unisinos/RS e na Universidade Estácio de Sá/RJ, adverte que a suspeição do juiz implica “em nulidade absoluta” do processo. Crítico do autoritarismo do Judiciário, observa que o punitivismo embalou com o Mensalão e encontrou “a tempestade perfeita” na Lava-Jato. E cobra ao Supremo que reassuma, de uma vez  por todas, o papel de guardião da Constituição.

Feira – Herdeira dos princípios do Forum Social Mundial, a Feira Internacional de Cooperativismo e Economia Solidária espera atrair 300 mil pessoas. A Feicoop acontece há 27 anos em Santa Maria, região central do Rio Grande do Sul e, durante quatro dias, vai transformar a cidade na capital mundial da economia solidária.

Aniversário – A edição gaúcha do Brasil de Fato está completando seu primeiro aniversário. Desde 13 de julho de 2018,  foram 24 edições, com periodicidade quinzenal e tiragem de 25 mil exemplares, distribuídos gratuitamente em todo o Estado.

Futebol - O paradoxo da Copa América: pouco público e grande arrecadação. O que se explica pelo alto preço dos ingressos.

E muito mais. Boa leitura!

opiniao

Editorial | Um teste para o Supremo

Editorial | Um teste para o Supremo

"Será preciso aguardar para saber se ainda guarda algum orgulho próprio e compromisso com a sua função"

politica

O SuperMoro encolheu. E a cada dia encolhe mais

O SuperMoro encolheu. E a cada dia encolhe mais

Cinco anos e quatro meses após sua deflagração, operação começa a ver a fragmentação acelerada da sua principal figura

Vaza Jato: Suspeição é nulidade absoluta, diz jurista

Vaza Jato: Suspeição é nulidade absoluta, diz jurista

Crítico à politização do Judiciário, o jurista Lenio Streck questiona a tradição jurídica autoritária brasileira