COLUNA DOS CLUBES

Coluna Timbu | Ligou o alerta

Embora na segunda colocação, a diferença para o primeiro colocado fora do G4 é de apenas 3 pontos

Brasil de Fato | Recife (PE)

,
Nesse cenário, a vitória dentro de casa diante do líder Sampaio Correa é verdadeira obrigação / Léo Lemos/Náutico

Tudo caminhava bem. Um aproveitamento de 80% nos últimos 5 jogos, 3 vitórias consecutivas. Estranhamente, parecia que no Náutico as coisas seriam fáceis. Pois é, seria, realmente, muito estranho se fosse assim. Afinal, quando em Rosa e Silva as coisas foram fáceis? Bastou uma derrota fora de casa e uma combinação de resultados para que a classificação, que parecia já garantida, se tornar mais complicada.

Embora na segunda colocação, a diferença para o primeiro colocado fora do G4 é de apenas 3 pontos. Em outras palavras, basta que haja uma combinação de resultados na próxima rodada para que o clube já fique fora do G4. Alerta máximo. Nesse cenário, a vitória, dentro de casa, diante do líder Sampaio Correa é verdadeira obrigação, até mesmo para evitar uma pressão maior para as últimas rodadas.

 

*Filipe Spenser é torcedor do Náutico

Edição: Monyse Ravenna