De Olho na Mídia

Dias de fogo, dias de fake

A direita andava achando que o “cyber espaço” é um espaço dela

Belo Horizonte

,
Para tentar "abafar" notícias sobre queimadas, oposição disparou fakenews sobre ONGs na Amazônia e de novo voltou seu alvo para o PT / Reprodução

A fumaça passou, mas as notícias continuam quentes por aqui. Quem viu o noticiário da semana percebeu que as reportagens seguiram falando sobre as consequências das queimadas na Amazônia. E não era para menos. Na própria página do Brasil de Fato, a notícia mais lida continua sendo “Estimulados por Bolsonaro, fazendeiros promovem ‘dia do fogo’ na Amazônia”.

Todo mundo querendo saber mais sobre a floresta. Mas alguém não gostou da repercussão. No início da semana, Bolsonaro saiu do Palácio do Planalto e foi até os jornalistas que ficam por ali. Mais furioso que de costume, ameaçou não dar mais entrevistas se não publicarem uma denúncia que ele deu contra um outro jornalista e que, já foram verificar, é meio fake news.

Bolsonaro ficou nervoso. Pudera! Foi uma das primeiras semanas que as páginas de esquerda tiveram mais divulgação que as páginas de direita nas redes sociais. O Monitor do Debate Político no Meio Digital analisou 10 postagens mais compartilhadas até 22 de agosto no Facebook. Foram 241 mil compartilhamentos de páginas criticando as queimadas, contra 174 mil compartilhamentos defendendo Bolsonaro. Ficaram apreensivos. A direita andava achando que o “cyber espaço” é um espaço dela.

As páginas e perfis que apoiam Bolsonaro desviaram o foco e começaram a atacar o PT – de novo e de novo. Com mentira, inventaram manifestos de deputados, colocaram a culpa nos índios e disseram que a queimada na Amazônia nem era no Brasil, era na Bolívia.

ONG´s na Amazônia e no Nordeste

Falando em notícia falsa, vamos rir com essa imagem de Whatsapp: “ONGs no Brasil: 100 mil na Amazônia / Zero no Nordeste – Bondade ou Interesse?”. Haha O que você acha?

Um estudo do IBGE de 2016 mostra que a verdade é o completo contrário! A região Norte, onde está a Amazônia, tem 9.200 fundações ou ONGs, enquanto o Nordeste tem 44.500 fundações ou ONGs. Porém, antes de saber a verdade, muitas pessoas já comentaram e compartilharam no Facebook pedindo punição, violência e vingança contra as ONGs.

Que a gente pesquise antes de acreditar! Amém!

 

Edição: Elis Almeida