Educação no campo

Campanha arrecada livros de literatura para estudantes de Escolas do Campo, no Paraná

As doações podem ser feitas em 9 pontos fixos espalhados pelo estado. Ação é organizada pelo MST

Curitiba (PR)

,

Ouça o áudio:

Nove pontos fixos, distribuídos entre oito municípios do PR, estão recebendo doações de livros / Wellington Lenon

"Pelo Direito à Literatura nas Escolas do Campo" é o tema da campanha nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) para a garantia de acesso à leitura e à literatura em escolas de assentamentos e acampamentos. No Paraná, o Setor de Educação do Movimento organiza a mobilização com nove pontos fixos de doação, em oito municípios. Os locais são universidades e sedes de organizações parceiras, além da Vigília Lula Livre, em Curitiba. Novos pontos poderão ser criados ao longo da campanha, que vai até dia 10 de outubro, véspera do Dia das Crianças.

O pedagogo Valter Leite, coordenador do Setor de Educação do MST no Paraná, explica que o objetivo é “semear a literatura, compreendendo-a como direito humano fundamental e condição para elevar o nível cultural, a capacidade de interpretar e de agir das nossas crianças, adolescentes, jovens e adultos”. A intenção é massificar o acesso à literatura e a prática de leitura nas escolas, combinando a arrecadação de livros à formação de educadores e educadoras, bibliotecários e à organização da biblioteca escolar e comunitária.

A entrega dos livros arrecadados será durante o Encontro Estadual das Crianças Sem Terrinha, marcado para ocorrer entre os dias 16 e 18 de outubro, em Curitiba. “Queremos que cada uma das 600 crianças participantes do encontro possa levar um ou dois livros de literatura para sua morada”, explica Valter Leite.

Confira os locais para doação:

1. Curitiba - Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Entregas: Centro Acadêmico de Estudantes de Pedagogia, rua General Carneiro 460, Ed. D. Pedro - 7 º andar - horário comercial

2. Curitiba - Vigília Lula Livre

Entregas: barraca de venda do MST, rua Sandália Monzon, 164, Santa Cândida, de segunda a domingo, das 9h às 19h.

3. Laranjeiras do Sul - Universidade Federal Fronteira Sul  

CVT - PET Conexões

Entregas: de segunda a sexta, das 8 às 17h, aos cuidados de Ana Cristina Hammel e Josimeri Leandrini.

4. Marechal Cândido Rondon - Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Campus Marechal Cândido Rondon

Entregas: GEOLUTAS - Rua Pernambuco, 1777, Bloco 03, sala 81, Centro, aos cuidados de Djoni Roos e Vagner Moreira , de segunda à sexta, das 8h às 17h30.

Fone: (45) 3284-7883.

5. Cornélio Procópio - UTFPR

Entregas: NUAPE ou sala 04 GHI, aos cuidados de Línlya Sachs ou Cíntia Paião, de segunda à sexta-feira, das 12h às 18h.

6. Guarapuava - Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (Unicentro)

Entregas: Campus Santa Cruz, bloco M, sala 1403, LAECI - Laboratório de Educação do Campo e Indígena, aos cuidados de Marlene Sapelli e Marcos Gehrke, em horário comercial, de segunda à sexta.

Fone: (42) 99910-1208

7. Lapa - Assentamento Contestado

Entregas: Centro Cultural Casarão, em horário comercial.

8. Cascavel - Sindicato de Docentes da Unioeste (Adunioeste)

Entregas: rua Universitária, N°: 1390 Universitário, aos cuidado de Liliam Faria Porto Borges, em horário comercial, de segunda a sexta feira.

9. Francisco Beltrão - Assesoar - Associação de Estudos, Orientação e Assistência Rural

Avenida General Osório, 500. Bairro Cango. Cep 85604-240. Francisco Beltrão-PR. Centro de Documentação - Horário de Recebimento: de Segunda a Sexta das 08:00 às 12:00.

Edição: Lia Bianchini