Apoio a Lula

Manifestantes da Vigília Lula Livre repudiam visita de Moro à Polícia Federal

Ministro da Justiça esteve na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, para inauguração de delegacia modelo

Brasil de Fato | Curitiba (PR)

,
Forte esquema de segurança impediu a proximidade de manifestantes ao local de entrada de Moro no prédio / Denise Veiga

Integrantes da Vigília Lula Livre realizaram um ato de protesto silencioso nesta sexta (1º), no espaço localizado em frente à Superintendência da Polícia Federal, no bairro Santa Cândida, em Curitiba, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é mantido como preso político há 573 dias. 

Durante a tarde, o ministro da Justiça, Sergio Moro, o procurador do Ministério Público Federal (MPF), Deltan Dallagnol, e o governador Paraná, Ratinho Junior (PSD), visitaram a Superintendência da PF para inaugurar uma delegacia modelo, com a finalidade de investigar crimes financeiros e de corrupção. Um forte esquema de segurança impediu a proximidade de manifestantes ao local de entrada de Moro no prédio.

Com cartazes e faixas com os dizeres “Lava Jato Partido Político”, “Moro mente”, “Moro vendido”, “Quem mandou matar Marielle?” e “Lava Jato protege amigos”, os manifestantes questionaram o caráter parcial do operativo, a ausência de provas consistentes que determinaram a prisão de Lula e a tentativa de receber benefícios pessoais por parte dos procuradores do MPF – fatos que vieram a conhecimento público a partir das denúncias divulgadas pelo site The Intercept Brasil.

Edição: Lia Bianchini