Coluna

Mobilizações: o lado bom de um momento ruim

Imagem de perfil do Colunista
05 de Maio de 2016 às 14:14
O momento está mais favorável para formações de grupos e discussões

Nunca foi tão difícil brigar por direitos desde a época do regime militar. A coisa está tão feia que temos a impressão de que quem está de bom humor é um desinformado ou é mau-caráter mesmo. 

Diante da covardia da elite brasileira, nós da esquerda não temos razão para estar felizes. Essa minha conclusão é a mesma a que muita gente, que está discutindo o momento atual, está chegando, e sem repetir o que a grande mídia está falando. 

Porém, se pararmos para fazer uma análise mais detalhada ao nosso redor, garanto que começaremos a enxergar os motivos que temos para resgatar o nosso bom humor. 

O momento está mais favorável para formações de grupos e discussões em lugares que antes era difícil. Portanto, você, que nunca se reuniu para discutir os problemas da sua comunidade e sempre deixou para depois, essa é a hora. 

Você, que sempre discutiu as questões que considera essenciais, esqueça o desânimo e esteja pronto para desconstruir o que a grande mídia está construindo. 

As escolas da rede pública estadual estão ocupadas pelos estudantes e muitas outras coisas estão acontecendo do nosso lado. 

Na noite de segunda-feira (2), tive o prazer de subir o Morro do Cerro Corá para ver de perto a inauguração de um pré-vestibular comunitário, uma iniciativa dos próprios moradores de lá, mas com a ajuda do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e o Levante Popular da Juventude. 

É essa mistura de gente que pensa em um Brasil igualitário que lá na frente fará a diferença e cumprirá o importante papel de fazer a gente sorrir novamente.