Quem Somos

O Brasil de Fato (BdF) é um site de notícias e uma radioagência, além de possuir jornais regionais no Rio de Janeiro, em Minas Gerais, em São Paulo, no Paraná e em Pernambuco. Lançado em 25 de janeiro de 2003, o BdF circulou por mais de dez anos com uma versão impressa nacional.

Por entenderem que, na luta por uma sociedade justa e fraterna, a democratização dos meios de comunicação é fundamental, movimentos populares criaram o Brasil de Fato para contribuir no debate de ideias e na análise dos fatos do ponto de vista da necessidade de mudanças sociais em nosso país.

O primeiro veículo da rede Brasil de Fato foi o semanário nacional, lançado no Fórum Social Mundial de Porto Alegre, em janeiro de 2003. Logo após, foi lançado o site do Brasil de Fato, com coberturas das lutas sociais, entrevistas e notícias sobre política, economia, direitos humanos e cultura, sob uma visão popular das cidades, do Brasil e do mundo.

Os jornais regionais surgiram a partir de maio de 2013 para promover uma aproximação com os leitores e leitoras, além de dialogar com as realidades locais, e hoje o cenário aponta para uma ampliação da cobertura, que deve alcançar ainda mais estados do país.

Em 2014, o BdF incorporou a Radioagência Notícias do Planalto (NP), que atuava há dez anos na produção radiofônica de notícias. As matérias da Radioagência Brasil de Fato, em áudio e texto, são enviadas para rádios de todo o país e também estão disponíveis no site. Os temas tratados são de política, economia, direitos humanos, cotidiano e cultura, além de produções de serviços.

Plural e diversificado, o BdF reúne jornalistas, articulistas e movimentos populares do Brasil e do mundo.

Além do site, da Radioagência e das edições impressas, o Brasil de Fato circula pelas redes sociais, por Facebook, Twitter, Youtube, Flickr e SoundCloud.

Todos os conteúdos do Brasil de Fato podem ser reproduzidos livremente, sempre citando a fonte e publicados na íntegra.

Quienes Somos (Versión en Español)

Brasil de Fato (BdF), "Brasil de Hecho" en español, es un portal de noticias en internet y una radioagencia, e incluye además periódicos regionales en Río de Janeiro, São Paulo, Paraná y Pernambuco. Lanzado el 25 de enero de 2003, BdF circuló más de 10 años en versión impresa nacional.

Promovido por movimientos populares, con la intención de crear un vehículo de comunicación comprometido con la lucha por una sociedad justa y fraterna, BdF fue lanzado en 2003, durante el Foro Social Mundial de Porto Alegre.

También nos comprometemos con la democratización de los medios de comunicación, con los movimientos y sectores populares, promoviendo debates en torno a las necesarias transformaciones del Brasil y la región.

Sustentado sobre la necesidad de profundizar el debate de ideas, Brasil de Fato reúne comunicadores e intelectuales comprometidos en la difusión de contenidos gráficos y audiovisuales que garanticen la circulación de una visión alternativa y popular.

Desde el 2013, frente a la necesidad de aproximarnos a los lectores y lectoras en un dialogo que contemple la pluralidad regional del país, BdF comenzó a lanzar ediciones regionales impresas en Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Paraná y Pernambuco, que se distribuyen gratuitamente.

En 2014, BdF incorporó la Radioagencia Noticias del Planalto (NP) que ya tenía 10 años de experiencia en la producción radiofónica de noticias. El material producido por la Radioagencia Brasil de Fato, en audio y texto, es enviado a radios de todo el país y también está disponible en el portal web. Los temas tratados son política, economía, derechos humanos, cultura y cotidianidad, conjuntamente con producciones sobre servicios específicos.

Además del portal, de la radioagencia y de las ediciones impresas, Brasil de Fato circula por redes sociales: Facebook, Twitter, Youtube, Flickr y SoundCloud.

Todos nuestros contenidos puede ser reproducido por cualquier vehículo de comunicación, siempre que sea citada la fuente de información y publicados íntegramente.

Site Brasil de Fato

Coordenação Geral:
Beatriz Pasqualino
Jornalismo:
Vivian Fernandes, Camila Rodrigues da Silva, Simone Freire, José Eduardo Bernardes, Rafael Tatemoto, Rute Pina, Lilian Campelo, Cristiane Sampaio, Mauro Ramos e Juliana Golçalves
Audiovisual:
Norma Odara e Marcelo Cruz
Rede de Colaboração:
Luiz Felipe Albuquerque
Arte:
Jose Bruno Lima e Wilcker Morais
Tradução:
Maria Julia Gimenez
Operação de áudio:
Jorge Mayer
Comercial:
Raíssa Lazarini
Estagiários:
Julia Dolce, Laura Viana, Nadine Nascimento, Nicholas Neto, Gabriela Lucena e Giuliana Marquesi

Impresso Minas Gerais

Conselho Editorial:
Adília Sozzi, Adriano Pereira Santos, Adriano Ventura, Beatriz Cerqueira, Bernadete Esperança, Bruno Abreu Gomes, Carlos Dayrel, Cida Falabella, Cristina Bezerra, Durval Ângelo Andrade, Eliane Novato, Ênio Bohnenberger, Frederico Santana Rick, Frei Gilvander, Gilson Reis, Gustavo Bones, Jairo Nogueira Filho, Joana Tavares, João Paulo Cunha, Joceli Andrioli, José Guilherme Castro, Juarez Guimarães, Laísa Silva, Luís Carlos da Silva, Marcelo Oliveira Almeida, Milton Bicalho, Neemias Souza Rodrigues, Nilmário Miranda, Padre Henrique Moura, Padre João, Pereira da Viola, Renan Santos, Rilke Novato Públio, Rogério Correia, Samuel da Silva, Temístocles Marcelos e Wagner Xavier
Edição:
Joana Tavares
Redação:
Larissa Costa, Pedro Rafael Vilela, Rafaella Dotta, Raíssa Lopes e Wallace Oliveira
Colaboração:
Acsa Brena, Anna Carolina Azevedo, André Fidusi, Bráulio Siffert, Diego Silveira, João Paulo, Léo Calixto, Marcos Assis, Olivia Santos, Rogério Hilário, Sofia Barbosa e Coletivo Henfil
Revisão:
Luciana Santos Gonçalves
Distribuição:
Jonathan Hassen
Diagramação:
Bruno Dayrell
Administração:
Vinicius Nolasco

Impresso Paraná

Coordenação:
Pedro Carrano
Jornalista responsável:
Ednubia Ghisi
Edição:
Camilla Hoshino
Reportagem:
Laís Melo, Carolina Goetten e Franciele Petry Schramm
Articulistas:
Júlio Carignano, Gibran Mendes
Revisão:
Paula Zarth Padilha e Maurini Souza
Fotógrafos:
Joka Madruga e Leandro Taques
Diagramação:
Vanda de Moraes
Conselho Operativo:
Pedro Carrano , Gustavo Erwin Kuss, Daniel Mittelbach e Luiz Fernando Rodrigues
Administração:
Clara Lume

Impresso Pernambuco

Edição:
Monyse Ravenna
Redação:
Catarina de Angola, Elen Carvalho e Vinícius Sobreira
Colaboração:
André Barreto, Daniel Lamir, Filipe Spencer, Francisco Marcelo, Malu Xavier, Roberto Efrem Filho
Revisão:
Mariana Reis
Distribuição:
Iyalê Tahyrine
Diagramação:
Diva Braga
Administração:
Halina Gouveia

Impresso Rio de Janeiro

Conselho Editorial:
Alexania Rossato, Antonio Neiva (in memoriam), Joaquín Piñero, Kleybson Andrade, Mario Augusto Jakobskind, Nicolle Berti, Rodrigo Marcelino, Vito Giannotti (in memoriam)
Edição:
Vivian Virissimo
Co-edição:
Fania Rodrigues
Reportagem:
Bruno Porpetta, Mariana Pitasse e Pedro Rafael Vilela
Revisão:
Sheila Jacob
Distribuição:
Kleybson Andrade
Diagramação:
Juliana Braga
Administração:
Angela Bernardino e Marcos Araújo