Vazamentos

Janot cogita pedir afastamento de Renan

o motivo seriam as gravações de Sergio Machado, ex-presidente da Transpetro

Brasil 247

,
Em uma das conversas, Renan se refere a Janot como "mau caráter" / Marcelo Camargo/Agência Brasil

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, estuda pedir ao Supremo Tribunal Federal o afastamento do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado Federal e do Congresso Nacional, assim como ocorreu com Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na Câmara dos Deputados.

O motivo seriam as gravações de Sergio Machado, ex-presidente da Transpetro; numa delas, Renan se refere a Janot como "mau caráter".

As informações são do jornalista André Guilherme Vieira, em reportagem do Valor. "A ação cautelar justificaria a necessidade e a urgência para que Renan deixe de presidir o Congresso. O entendimento é que o senador estaria utilizando o cargo para obstruir a Justiça. Renan figura como investigado em 12 inquéritos que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF). Nove deles relacionados às investigações sobre corrupção na Petrobras, um relativo à Operação Zelotes e dois em que se investigam irregularidades no pagamento de pensão alimentícia à filha que o senador teve em relacionamento extraconjugal", diz o texto.

Leia, aqui, a íntegra.