Campanha

Personalidades lançam vídeos em apoio à construção do campo de futebol Dr. Sócrates

Campanha da Escola Nacional Florestan Fernandes conta com apoio de amigos e familiares do "Doutor"

Brasil de Fato

,
"Futebol é a única religião que não tem ateus" / Luara De/ENFF

A campanha pela construção do Campo Dr. Sócrates, centro esportivo que será construído na Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF), recebeu o apoio de diversas personalidades, amigos do jogador Sócrates, militantes e artistas, que gravaram vídeos em apoio à campanha. 

Além de espaço de lazer para aqueles que estudam na escola, o campo também atenderá as crianças das comunidades de Guararema, cidade onde a ENFF está localizada. A campanha de arrecadação tem duração de 60 dias. 

O premiado cineasta Silvio Tendler, diretor de documentários como Jango e Marighella – Retrado Falado do Guerrilheiro, comenta sobre sua amizade com o jogador e o tempo em que militavam juntos. "Eu conheci o Sócrates na época da campanha das Diretas [Já] e era um orgulho, uma honra, ver um dos maiores jogadores de futebol que o Brasil já teve, um dos maiores atletas e também, um político engajado na luta pela redemocratização do Brasil”, disse.

Tendler participou da inauguração da escola e lembra que foi emocionante conhecer um espaço construído por camponeses e trabalhadores urbanos do Brasil e do mundo, que possuí tudo que um centro dedicado para a educação necessita.

Em apenas duas semanas de duração, a campanha já arrecadou 42% dos fundos necessários, cerca de R$ 60 mil. Ainda restam 46 dias até o fechamento da arrecadação.

Para o jornalista Juka Kfouri, Sócrates ficaria orgulhoso de ter o nome dele em um campo construído pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). “Porque tudo o que o Sócrates sempre batalhou na vida foi pela educação dos menores e pela politização, pelo espírito crítico do cidadão”, afirma o jornalista.

A professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP), Ermínia Maricato, conta que o projeto foi realizado de forma coletiva entre estudantes, professores e arquitetos da Universidade paulista. Ela destaca a importância da escola na luta por um mundo mais justo.

O cineasta Silvio Tendler também deixou seu pedido de apoio à escola: “Eu tenho muita honra de estar podendo falar isso hoje, de convencer e tentar explicar as pessoas que não só visitem a escola, mas apoiem. É uma escola fundamental!”, comenta. O cineasta afirma ser “mais do que justo” o campo receber o nome do jogador e militante por uma sociedade mais justa.

Chico Buarque

Ainda em 2015, quando o campo era apenas um projeto, o cantor e compositor Chico Buarque afirmou apoiar o campo se chamar Sócrates, "É perfeita a escolha, porque tem tudo a ver. Um grande companheiro de peladas, bate-papo, cerveja e tudo o mais".

Chico foi um dos que contribuiu diretamente para a construção da escola. Ele doou os direitos da Coleção Terra, uma coletânea de músicas, com fotos de Sebastião Salgado e texto de José Saramago, que também doaram os direitos para o MST.

Veja o vídeo da campanha

Serviço

Para contribuir com a construção basta acessar o link da campanha