Militância

Livro "Somos Todas Clandestinas" é lançado no Dia da Descriminalização do Aborto

Lançamento da publicação, que reúne depoimentos anônimos de mulheres que abortaram, será nesta quarta (28)

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,
Convite do lançamento do livro e curta-metragem 'Somos Todas Clandestinas' / Reprodução

Nesta quarta-feira (28), data em que se comemora o Dia Latino-americano e Caribenho pela Descriminalização do Aborto, serão lançados o livro e o curta-metragem Somos Todas Clandestinas, em São Paulo (SP). O evento será realizado na Livraria Tapera Taperá, localizada na Galeria Metrópole, zona central da capital paulista, a partir das 19h.

As obras foram produzidas com apoio das organizações International Women's Health Coalition e Sempreviva Organização Feminista (SOF), com o objetivo de romper com o silêncio e tabu ao redor da temática do aborto, e de debater a necessidade de se respeitar a decisão das mulheres.

Estima-se que uma em cada cinco mulheres brasileiras terá feito pelo menos um aborto ao longo de sua vida adulta. Mesmo assim, o assunto ainda é bastante ignorado e pouco se sabe sobre as experiências das mulheres que abortaram, uma vez que a prática ainda é criminalizada no Brasil.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, 95% dos abortos praticados na América Latina são inseguros, e uma mulher morre a cada dois dias por conta de abortos inseguros no Brasil.

O livro Somos Todas Clandestinas traz mais de 20 depoimentos sobre aborto, autonomia do próprio corpo e política, ressaltando aspectos diversos do processo de interrupção da gravidez. O uso do medicamento misoprostol, os maus-tratos no atendimento médico e o abandono são alguns dos elementos destacados nos relatos. O material, que também inspirou o curta-metragem com o mesmo título, traz ainda um histórico de luta pela legalização do aborto no Brasil.

O evento contará com um coquetel com a exibição do vídeo, um bate-papo com as organizadoras do projeto e um show da cantora Luiza Lian. O livro, que será distribuído gratuitamente no lançamento, será vendido a R$10.

Edição: Camila Rodrigues da Silva