Escola

Procon aponta diferença de até 4 vezes no preço de materiais escolares em lojas de SP

Órgão de defesa do consumidor pesquisou o preço de 214 itens, em 10 lojas de todas as regiões da capital paulista

São Paulo (SP)

,

Ouça o áudio:

Procon-SP aponta que encontrou uma diferença de preço de até 4 vezes para o mesmo produto em diferentes lojas / André Luiz D. Takahashi/Ascom Prefeitura de Votuporanga

Começo de ano e os pais já ficam alertas. Afinal, a lista de compras de materiais escolares é grande e a diferença entre os preços das lojas também. A recomendação do Procon é a de que se verifique quais dos produtos da lista o consumidor já possui em casa e se ainda estão em condições de uso. Promover a troca de livros didáticos entre alunas e alunos que cursam séries diferentes também é uma saída pra buscar a economia e o reaproveitamento de materiais.

Em levantamento divulgado na última terça-feira, o órgão aponta que encontrou uma diferença de preço de até 4 vezes para o mesmo produto em diferentes lojas. Um lápis preto, que custa 35 centavos em um estabelecimento, custava 1 real e 95 centavos em outro.

A pesquisa, realizada entre os dias 6 e 8 de dezembro passado, comparou 214 itens em 10 lojas de todas as regiões da capital paulista e constatou um acréscimo de quase 13% nos preços de produtos escolares comuns na pesquisa deste ano e na de 2015.

O Procon também alerta os pais que as escolas não podem exigir itens de uso coletivo, higiene pessoal, materiais de escritório, de higiene ou de limpeza na lista de materiais.