Magistrado

"Eu não 'to' nem aí", diz juiz que recebeu de R$503 mil de salário

Juiz Mirko Vincenzo Giannotte, titular da 6ª Vara de Sinop (MT), reagiu com indiferença às críticas

Dados do salário constam no Portal da Transparência do Tribunal de Justiça de Mato Grosso / Divulgação

O juiz Mirko Vincenzo Giannotte, titular da 6ª Vara de Sinop (MT), que recebeu em julho R$ 503.928,79 de salário reagiu com indiferenças às críticas.

O magistrado declarou que o valor representa "justa reparação" pelos anos em que deu expediente em Comarcas superiores, recebendo subsídios como juiz de primeira instância. "Eu não tô nem aí. Eu estou dentro da lei e estava recebendo a menos. Eu cumpro a lei e quero que cumpram comigo", declarou Mirko ao jornal O Globo. 

Em valores líquidos, o contracheque do magistrado ficou em R$ 415.693,02. O dinheiro caiu na conta de Mirko no dia 20 de julho, data de seu aniversário de 47 anos. Os dados constam no Portal da Transparência do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

No mês de junho, Mirko Vincenzo Giannotte recebeu R$ 53.432,92 líquido. O valor bruto foi de R$ 65.872,83.

 

Edição: Brasil 247