Radionovela Rosa Luxemburgo

Produção da Radioagência Brasil de Fato, MST e Fundação Rosa Luxemburgo

No mês em que se celebra o centenário da Revolução Russa, a Fundação Rosa Luxemburgo e o MST, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra e a Radioagência Brasil de Fato lançam uma radionovela contando a trajetória da filósofa, economista e militante Rosa Luxemburgo. No total, são dez episódios.

Nascida no dia 5 de março de 1871, na Polônia, Rosa Luxemburgo foi uma das mais influentes pensadoras marxistas de sua época, fundando diversas organizações de esquerda e participando das lutas sociais na Europa no final do século 19 e começo do século 20.

Capítulo 1

Neste primeiro capítulo da radionovela, acompanhamos o nascimento de Rosa Luxemburgo, as dificuldades de sua infância como judia, em uma Polônia subjugada pelo Império Russo, seus primeiros anos de estudo e o início de sua militância na juventude.

Capítulo 2

No capítulo 2 da radionovela, Rosa Luxemburgo inicia seus estudos na universidade e aprofunda sua militância política aderindo ao Partido Socialista Polonês. Participa do Congresso da Internacional Socialista onde defende o internacionalismo.

Capítulo 3

No capítulo 3, Rosa Luxemburgo está na Alemanha e filia-se ao Partido Social Democrata alemão, fundado e presidido por August Bebel. Desenvolve intenso trabalho de agitação política e combate o revisionismo.

Capítulo 4

No capítulo 4, estoura a Revolução de 1905 na Rússia. Rosa Luxemburgo junta-se aos revolucionários. Tem seu primeiro encontro com Lenin.

Capítulo 5

No capítulo 5, Rosa Luxemburgo e sua amiga Luisa Kautsky refletem sobre as contradições do machismo na própria militância. Ela dá aulas de História Econômica na escola do Partido. É a única mulher no corpo docente.

Capítulo 6

No capítulo 6, as contradições da disputa imperialista se agravam e a guerra se aproxima. Rosa e sua amiga Clara Zetkin fazem um incansável trabalho contra a guerra. Inicia-se a 1° Guerra Mundial e os deputados sociais-democratas aprovam os créditos de guerra.

Capítulo 7

No capítulo 7, Rosa Luxemburgo, Karl Liebknecht e outros militantes travam um duro combate contra a guerra. Rosa Luxemburgo e Karl Liebknecht fundam a Liga Espartaquista.

Capítulo 8

No capítulo 8, em meio à guerra, triunfa a Revolução bolchevique na Rússia. Rosa segue na prisão, em consequência de sua atividade antibélica. Ela começa a escrever sobre a Revolução Russa. Franz Mehring defende uma revolução também na Alemanha.

Capítulo 9

No capítulo 9, a Alemanha é derrotada na guerra. Em novembro de 1918, começa a revolução na Alemanha. Após meses de prisão, que faz com que sua saúde fique muito debilitada, Rosa consegue sua liberdade. Ela participa ativamente no processo revolucionário e ajuda a fundar o Partido Comunista da Alemanha.

Capítulo 10

A Revolução Alemã é violentamente reprimida pelo governo socialdemocrata. Rosa é capturada e assassinada. Seu enterro se torna uma poderosa manifestação. No canal onde seu corpo foi jogado, aparecem flores vermelhas.