Curta-metragem

"Peripatético": curta premiado tem sessão gratuita na Cinemateca de São Paulo

Dirigido por Jéssica Queiroz, filme é Inspirado na luta do movimento Mães de Maio, durante ataques do PCC, em 2006

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça o áudio:

Simone, uma das personagens do curta-metragem, que sai à procura de seu primeiro emprego / Reprodução

O curta metragem de 15 minutos "Peripatético", dirigido pela cineasta Jéssica Queiroz, terá exibição gratuita na próxima quarta-feira (8), na Cinemateca de São Paulo.

Vencedor de melhor roteiro no prêmio do júri do Festival de Brasília, o filme é inspirado na luta do movimento Mães de Maio, que surgiu como resistência à violência sofrida por jovens assassinados no maior massacre da história do estado de São Paulo, quando 564 pessoas morreram, a maior parte por ações policiais.

A história do curta narra alguns dias na vida de três jovens da periferia em busca de seus sonhos. O filme é ambientado durante os ataques de maio de 2006, feitos pelo PCC, o Primeiro Comando da Capital. O período de violência ficou conhecido como Crimes de Maio.

Após a exibição da película, será realizado um debate com a cineasta Jéssica Queiroz, que tem diversas produções expressivas, como o curta "Número e Série", lançado em 2015, que fala sobre escolas públicas. Ela também dirigiu "Vidas de Carolina", produção que, em homenagem ao centenário da escritora e catadora Carolina Maria de Jesus, traça um paralelo entre Carolina e a vida de mulheres catadoras de resíduos recicláveis, em São Paulo.

Além de Jéssica, a roteirista Ananda Radhika, os atores Larissa Noel, Maria Sol e Alex de Jesus participarão do bate-papo, que terá mediação da jornalista Aline Ramos.

O curta será exibido na quarta-feira (8), às 20h, na Cinemateca de São Paulo, que fica no Largo Senador Raul Cardoso, 207, na Vila Mariana.

Veja o trailer do filme: 





 

Edição: Vanessa Martina Silva