Região Sul

Caravana Lula pelo Sul é adiada para março

Mudança de data foi feita para ajustar visitas a universidades e garantir a participação de líderes latinoamericanos

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,
Lula visita o campus de Salinas do Instituto Federal do Norte, em 26 de outubro de 2017. / Ricardo Stuckert

A próxima etapa da Caravana Lula pelo Brasil, que será realizada na região Sul, foi adiada para o dia 19 de março. Ela estava prevista para começar dia 27 de fevereiro em Santana do Livramento (RS), com um encontro com ex-presidente uruguaio José “Pepe” Mujica. 

Segundo o coordenador da caravana e vice-presidente do PT, Márcio Macedo, o adiamento foi feito para ajustar a viagem ao calendário de instituições de ensino. "Lula deve visitar uma série de institutos e universidades e para isso vamos aguardar o retorno do calendário letivo", contou Macedo.

O adiamento também visa agregar a presença de outros líderes latino-americanos, além de Mujica, que devem participar da caravana em Porto Alegre e em Santana do Livramento.

  

A caravana deve passar por pelo menos 14 cidades do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. 

Lula em Minas Gerais

Na próxima quarta-feira (21), o ex-presidente Lula participará de um ato político no Acampamento Maria da Conceição, do Movimento de Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), em antigas terras ociosas de Eike Batista, em Itatiaiuçu (MG).

A visita do ex-presidente Lula ao acampamento é organizada pelo MST, a Frente Brasil Popular e as articulações de movimentos populares “Quem Luta, Educa”. 

Está prevista a participação de 5 mil pessoas, entre sem-terra e diversas categorias de trabalhadores de pelo menos 30 municípios da região metropolitana de Belo Horizonte.

Edição: Camila Salmazio